A Marinha do Brasil publicou uma nota comentando o desaparecimento do mergulhador Rafael Marcolan. O jovem de 34 anos é um experiente mergulhador e está desaparecido desde que saltou de uma embarcação, aproximadamente às 13 horas de terça-feira (29 de Março).

Rafael Marcolan estava com os amigos próximo a Ilha dos Pacotes, localizada no município de Vila Velha, no Espírito Santo, quando pulou no mar para um mergulho e não foi mais visto. Rafael havia viajado com dois amigos para uma pescaria, quando saltou e não retornou para o barco.

Christian Rissi, amigo do mergulhador, afirmou que a intenção do mergulho de Rafael Marcolan era capturar uma barracuda que estava devorando os peixes próximos ao local da pescaria.

Publicidade
Publicidade

Christian relatou ainda que Rafael Marcolan realizou o mergulho em apneia, apenas prendendo a respiração e sem fazer uso de equipamentos para essa finalidade.

Rissi acrescentou que a correnteza não era forte no momento em que o mergulhador saltou da embarcação, ele acredita que Rafael pode ter sofrido um desmaio.

"Rafael tinha mais de 20 anos de experiência como mergulhador, se nada de grave tivesse ocorrido ele teria chegado sem problemas ao barco ou à praia", afirmou Christian.

A Marinha, através da Capitania dos Portos, tem realizado trabalho de buscas na região do desaparecimento do jovem. Ela conta com a ajuda dos amigos de Rafael que estão auxiliando na tentativa de localizar o mergulhador.

Em seu pronunciamento a Marinha afirmou: "estamos utilizando as nossas embarcações para realizar as buscas por Rafael Marcolan.

Publicidade

Solicitamos auxílio dos pescadores da região e também contamos com a ajuda dos amigos do mergulhador. Todos unidos com a finalidade de encontrar o jovem".

A Marinha afirmou ainda que vai abrir um inquérito administrativo para averiguar as circunstâncias do desaparecimento de Rafael Marcolan. A MB ainda menciona que imediatamente após receber o comunicado do desaparecimento do jovem, enviou uma embarcação para iniciar os trabalhos de busca.

"As responsabilidades e causas do desaparecimento de Rafael Marcolan, serão averiguadas mediante inquérito", encerrou a Marinha do Brasil em seu pronunciamento. #Acidente