Infelizmente a mesma lei que protege menores de idade em situação de risco é a mesma que impede que jovens infratores e assassinos confessos, sejam punidos de acordo com as leis penais, vigentes no Brasil. Aliás o Código Penal Brasileiro que foi criado em 1940, já se encontra caduco e defasado. De acordo com o portal de notícias G1, um adolescente de 16 anos, é suspeito de cometer 11 assassinatos e já foi apreendido quatro vezes, porém ele volta às ruas e continua praticando crimes.

Com apenas 16 anos, jovem é acusado de 11 homicídios

Nesta terça-feira (15), homens da Companhia de Policiamento do Promorar, apreenderam um adolescente, de 16 anos, que é acusado de 11 homicídios.

Publicidade
Publicidade

Entre as mortes atribuídas ao menor, está o assassinato de um taxista no centro de Teresina, capital do Piauí e de um vendedor no bairro Angelin, na mesma cidade.

O capitão da PM, Silas, que participou das buscas e apreensão do jovem de 16 anos, afirma que ele está metido em todo tipo de #Crime e contravenção. No caso do vendedor, afirmou Silas, "ele matou só pra roubar" (SIC).

Como o menor foi apreendido?

A Polícia Militar informou que a apreensão foi feita no bairro Risoleta Neves, que fica na Zona Norte de Teresina. O jovem estava escondido em uma casa, naquela região, a PM chegou até ele devido ao serviço de inteligência a corporação. Com o menor foi encontrado uma pistola 380, com nove cartuchos.

Longa lista de crimes

O jovem já  é um "velho" conhecido pela Polícia Militar e moradores da Zona Norte de Teresina.

Publicidade

Ele é considerado uma pessoa violenta e fria, age sem demonstrar piedade ou qualquer tipo de arrependimento. Entre roubos, assaltos e envolvimento com tráfico de drogas, recai sobre o menor de idade a suspeita de 11 assassinatos. Segundo o Sargento da PM, Felix, da Companhia de Policiamento do Promorar, o menor também já atirou em um policial em uma tentativa de assalto.

Uma das  vítimas do menor, foi José Wilson Teixeira, de 57 anos, taxista, que foi abordado enquanto mexia no bagageiro do seu carro, no centro de Teresina, ele foi assassinado com cinco tiros. O vendedor, de 27 anos, que não teve seu nome divulgado, também foi assassinado pelo jovem de 16 anos, ele foi alvejado com dois tiros.

Mais uma vez o menor de idade foi apreendido, se ele ficar recluso por aproximadamente dois anos, será liberado ao completar 18 anos, com sua ficha criminal, limpa, como se jamais tivesse cometido um crime sequer. #Investigação Criminal #Casos de polícia