A manhã desta sexta-feira, 04, começou movimentada na política brasileira. A polícia federal continua a dar passar largos na investigação da chamada operação 'Lava Jato', que apura o desvio de dinheiro da maior estatal do país, a Petrobrás. O nome da vez é o do ex-presidente da república Luiz Inácio #Lula da Silva. De acordo com informações da Globo News, o líder do Partido dos Trabalhadores, o PT, estaria prestando depoimentos a agentes da Polícia Federal, mas o órgão não confirma essa informação. Já o G1 garantia nesta manhã que ele estaria já prestando depoimentos no aeroporto de Congonhas, na cidade de São Paulo. A casa do ex-presidente na maior cidade do país também foi alvo de buscas e apreensão.

Publicidade
Publicidade

09h50 - Um líder do PT foi hostilizado ao chegar ao posto da PF no aeroporto de Congonhas. "O PT acabou", diziam manifestantes mais eufóricos, que tentaram agredir a liderança política.

09h47 - Uma briga começou na porta da casa do ex-presidente. A polícia e manifestantes entraram em confronto.

09h45 - O sítio que seria de Lula, em Atibaia, também é alvo de buscas e apreensão da Polícia Federal. Agentes da PF podiam ser vistos perto de uma das piscinas do local, quando um helicóptero flagrou a operação. 

09h35 - Coletiva da polícia federal sobre as investigações da Lava Jato está prevista para começar antes das 10h. 

09h30 - Existe a suspeita que o ex-presidente tenha recebido propina de nomes envolvidos no esquema de corrupção. 

09h15 - O perfil do Partido dos Trabalhadores no Twitter disse que Lula é um preso político e pediu uma reação da sociedade. #LulaPresoPolítico Não podemos deixar barato.

Publicidade

Precisamos todos reagir. Agora!

09h - Manifestantes a favor e contra Lula fazem um protesto em frente à casa de Lula em São Paulo. A polícia precisou chegar ao local, onde teve até briga.  #Justiça #Crime