Na tarde deste sábado (19), um avião monomotor caiu sobre uma casa em São Paulo. De acordo com o portal de notícias G1 entre os mortos, está o ex-presidente da Vale, Roger Agnelli.

Queda de avião em SP deixa 7 mortos

Segundo a  Infraero, o monomotor, caiu logo depois de decolar do Campo de Marte, por volta das 15h20 deste sábado. A  Anac - Agência Nacional de Avição Civil, informou que a aeronave estava em nome do ex-presidente da Vale, Roger Agnelli.

As 7 pessoas que estavam a bordo do avião morreram, as vítimas são, Roger Agnelli, sua esposa Andrea, a filha Ana Carolina e seu marido, o filho João com sua namorada e o piloto.

Publicidade
Publicidade

De acordo com amigos da #Família, eles estavam indo para o Rio de Janeiro, onde participariam de um casamento. Roger Agnelli morava em São Paulo, desde que deixou a presidência da Vale e fundou a AGN Participações, uma empresa que trabalha com logística e mineração. Roger Agnelli, completaria 57 anos no próximo dia 3 de maio.

Moradores das casas atingidas

O avião atingiu um sobrado e parte de um imóvel vizinho. De acordo o Major do Corpo de Bombeiros, Hengel Ricardo Pereira, o avião ficou totalmente destruído, os corpos foram localizados e retirados em meio a fuselagem retorcida. O monomotor atingiu em cheio a garagem e a sala da casa. Os cinco ocupantes das duas casas, foram resgatados com ferimentos leves, pelos fundos dos imóveis. 

Onze viaturas do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para fazer o atendimento da ocorrência, ainda não se sabe as causas do #Acidente.

Publicidade

Toni Sargolosos, morador da rua Frei Machado, Jardim São Bento, onde o avião caiu, afirmou que "Sai de casa desesperado, mas não tive como ajudar por o querosene escorria pela rua, deixando um rastro de fogo".

Executivo de sucesso

Roger Agnelli, foi presidente da vale entre os anos de 2001 e 2011, ele foi considerado o responsável pela ascensão da Vale, tornando-a reconhecida como uma das maiores mineradoras do mundo.

Formado em economia pela Faap, Roger, trabalhou por mais de 20 anos no Banco Bradesco, onde chegou ao posto de diretor-executivo.

Investigações sobre o acidente

A  Anac, informou que o avião bimotor, modelo CA-9, prefixo PR-ZRA, estava em situação regular e estava em nome do empresário. Peritos da aeronáutica, já estiveram no local para recolher informações sobre as possíveis causas do acidente.

As primeiras informações dão conta que a aeronave estava com o tanque cheio e explodiu ao bater na casa, havia decolado do Campo de Marte SP, com destino ao Santos Dumont RJ. #Investigação Criminal