A sexta-feira, 18, foi marcada por confusão, memes e gente insatisfeita. Enquanto cerca de 3 milhões de pessoas protestaram pelo impeachment e o fim da corrupção no dia 13 de março na Avenida Paulista, apenas 100 mil pessoas, segundo organizadores, estiveram no mesmo local no dia 18 defendendo o governo, e a falta de interesse das emissoras de TV em fazer a cobertura do ‘evento’ gerou indignação.

Uma dessas pessoas é Leandra Leal, uma atriz global e que pode estar na lista negra do ‘RH’ da empresa. A moça usou o Twitter para marcar o perfil oficial da Globo News e perguntar por que não fizeram a cobertura dos protestos contra o #Impeachment da mesma forma que fizeram das manifestações históricas do dia 13 de março e depois no dia 17, quando a população protestava indignada após ouvirem as gravações telefônicas entre Lula e Dilma.

Publicidade
Publicidade

A atriz foi amplamente criticada nas redes sociais e acabou apagando seu tweet.

Mesmo sem ter obrigação de responder ao questionamento da atriz e de petistas revoltados, um representante da emissora declarou para a ‘Folha de S. Paulo’ que não quis expor seus funcionários em uma transmissão do evento pois os petistas têm um histórico de serem violentos com as equipes globais, o que poderia ser ainda pior após o empenho do jornalismo da emissora em desmascarar Lula e o governo.

Outra análise para o RH global

Mais uma ‘famosa’ e colega de Leandra que andou se envolvendo com polêmicas por causa de política nos últimos dias foi a ex-CQC e ex-Vídeo Show, Monica Iozzi. A moça usou o Twitter para repudiar os protestos, dando a entender, segundo seu tweet, que as pessoas só protestavam após assistir o Jornal Nacional, que fez algumas reportagens especiais sobre a corrupção no Brasil.

Publicidade

Veja o Tweet:

Ela também fez outro tweet para insinuar que apoiadores de Jair Bolsonaro não são humanos e gravou um vídeo com outros artistas convidando a população para os protestos contra o impeachment. A humorista pretende voltar as telas da TV Globo em outubro, estreando sua primeira novela, mas 'muita coisa pode acontecer' após as declarações polêmicas envolvendo política e a programação da emissora. Além disso, a popularidade da humorista caiu bastante nos últimos dias. Agora é esperar a poeira abaixar ou as próximas polêmicas. #Manifestação #Internet