A nova recente pesquisa do Instituto Datafolha evidencia que 60% dos brasileiros querem a renúncia da presidente Dilma Rousseff (PT) e de seu vice, Michel Temer (PMDB), que pode assumir o cargo caso a chefe de Estado não resista ao processo de impeachment em tramitação no congresso.

A pesquisa foi realizada nos dias 7 e 8 de abril, e mostra ainda que 61% dos entrevistados querem o impeachment de Dilma. Na última pesquisa, realizada em 17 e 18 de março, a taxa era de 68%. Ainda de acordo com o Datafolha, 58% dos entrevistados também querem o impeachment de Temer, enquanto 28% são contrários à saída do peemedebista. 5% são indiferentes e 9% preferiam não opinar.

Publicidade
Publicidade

O Datafolha também perguntou aos entrevistados sobre sua opinião quanto à possibilidade de realização de novas eleições para presidente. 79% dos entrevistados disseram ser a favor de um novo processo eleitoral, enquanto 16% se mostraram contrários e 4% se mostraram indiferentes ou preferiram não opinar sobre o tema.

Em relação à renúncia exclusivamente de Dilma, 60% se mostraram favoráveis, uma redução de 5% em relação à última pesquisa, quando 65% dos brasileiros afirmaram querer que a presidente deixasse o cargo.

Segundo análises de especialistas e da mídia, os números mais elevados de março coincidiram com grandes manifestações contra #Dilma Rousseff e o PT e a divulgação de áudios grampeados do ex-presidente #Lula, incluindo uma conversa com a presidente Dilma.

O Datafolha também avaliou que 63% dos brasileiros classificam o governo de Dilma como ruim ou péssimo, contra 69% que partilhavam dessa opinião na pesquisa de março.

Publicidade

Para elaborar a pesquisa, que incluiu também cenários de sucessão eleitoral e possíveis saídas de outros agentes da política nacional, o Datafolha entrevistou 2.779 pessoas em 170 munícipios do Brasil. O Instituto aponta margem de erro de 2% para mais ou para menos em todos os cenários avaliados.

 

 Apoio às manifestações e possível governo Temer

Outra pesquisa realizada pelo Datafolha nas mesmas datas analisou o apoio dos brasileiros às manifestações que pedem a saída de Dilma Rousseff do cargo de presidente da República. Segundo a pesquisa, 66% dos brasileiros apoiam os atos anti-Dilma e PT. Já em relação às manifestações favoráveis ao governo, 45% se disseram a favor e 47% contra.

Analisando a possibilidade de um possível governo do vice-presidente #Michel Temer, o Datafolha perguntou aos entrevistados sua opinião sobre um mandato do peemedebista. Para 38% dos brasileiros, um governo de Temer seria ruim ou péssimo, enquanto 33% acreditam que o atual vice faria uma gestão regular.

Publicidade

Somente 16% dos entrevistados acreditam que um governo de Michel Temer seria bom ou ótimo.

Quando questionados sobre as comparações entre um possível governo de Temer com o governo de Dilma, 37% afirmaram que um mandato do peemedebista seria igual ao da petista. Para 27%, um governo de Temer seria melhor do que o de Dilma, enquanto 26% acreditam que uma gestão Temer seria pior.

Na pesquisa, o Datafolha também perguntou aos brasileiros consultados se eles acreditam efetivamente na saída de Dilma. Para 49% deles, a presidente deixará o cargo, enquanto 43% acreditam que ela não deixará a presidência.