Apoiadores e simpatizantes do deputado federal do PSC-RJ, Jair Bolsonaro, criaram um abaixo assinado no site change.org em que pressionam o Conselho de Ética para não caçar o mandato do parlamentar.

Jair tem obtido popularidade elevada nos dois últimos anos, bem como tornou-se o assunto mais comentado no Twitter de todo o mundo na noite dessa segunda-feira, 25, quando mais de cem mil publicações pediam #BolsonaroPresidente.

Líder da oposição mais rígida e determinada do governo, Jair Bolsonaro tem sido alvo de críticas após dedicar o seu voto do impeachment, dentre outras coisas, a memória do Coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, que lutou contra a implantação do comunismo no Brasil na década de 60.

Publicidade
Publicidade

Sem saberem quem foi o coronel ou indo pela conclusão de jornalistas e políticos de esquerda, muita gente acabou o julgando mal e com isso pouco mais 17 mil pessoas (ou bem menos por conta dos cadastros fakes) pediram a sua cassação na internet, entretanto, mais de 20 mil já mostraram-se contra a cassação do deputado. Quem decidirá se o deputado passará ou não por um processo de cassação será o procurador geral da república, Rodrigo Janot.

Uma dessas pessoas que está em defesa de Jair Bolsonaro é a blogueira e homossexual assumida, Karol Eller. A jovem mora nos Estados Unidos e veio para o Brasil recentemente, entrevistou Bolsonaro, gravou um vídeo com Marco Feliciano e Eduardo Bolsonaro; deputado federal de São Paulo e filho de Jair; além de estar colhendo os frutos positivos de sua coragem em vir a público através de um vídeo para repudiar o comportamento de Jean Wyllys durante votação do impeachment.

Publicidade

Eller, que admite não fazer parte de nenhum grupo de ativismo gay, deixa claro que Jean Wyllys não lhe representa e emitiu palavras de carinho e respeito aos três deputados do PSC, que lhe trataram muito bem e mostraram uma verdade que não foi possível identificar através de montagens e notícias de esquerda.

A jovem também gravou um vídeo convidando seus milhares de seguidores a assinarem o abaixo assinado. Quem tiver interesse em acompanhar ou assinar, basta acessar o site do Change.org e preencher os dados solicitados.

PSC representa contra Jean Wyllys

O deputado federal Jair Bolsonaro comunicou em entrevista ao Extra que representaria contra Jean por quebra de decoro parlamentar. Quem decidirá qual será a punição de Jean, será o presidente do Conselho de Ética da Câmara José Carlos Araújo (PR-BA), que pode optar por uma ‘censura oral’ até mesmo a cassação do mandato do deputado.

Se sua cassação for para votação, Jean tem grandes chances de ser cassado, pois independente de simpatizarem com Bolsonaro ou não, toda a direita que votou pelo impeachment repudiou o ato de Jean. #Justiça #Viral #Câmara dos Deputados