Camila Pitanga pode não ter mais o mesmo destaque que teve há alguns anos, quando fez par romântico com o ator Wagner Moura em uma novela do horário nobre, mas ainda assim é conhecida.

Entretanto, atualmente ela é mais conhecida por seu posicionamento político do que por qualquer trabalho artístico. Segundo o colunista Flávio Ricco, as posições políticas da moça e o trabalho de interpretação estariam gerando um clima de mal-estar nos bastidores da emissora.

Ricco também fala que esses problemas já veem desde ‘Babilônia’, considerada o maior fracasso produzido pela TV Globo no ano passado, que perdia a audiência com frequência para ‘Os Dez Mandamentos’, produção bíblica da TV Record e até para ‘Cúmplices de um Resgate’, folhetim infantil do SBT.

Publicidade
Publicidade

Camila, sua assessoria ou qualquer pessoa próxima a mesma não comentaram nada sobre os boatos da tensão na emissora por causa de sua defesa ao governo.

Apoio ao #PT

Camila é apoiadora não só de Dilma, mas do Partido dos Trabalhadores como um todo, pois se filiou ao mesmo ainda na adolescência. Sua madrasta, é nada mais, nada menos que a polêmica deputada Benedita da Silva.

Recentemente Camila participou de um vídeo onde vários famosos chamavam os telespectadores para participarem de protestos pelo governo. Embora o evento tenha tentado dizer que era apartidário em suas chamadas, as manifestações foram de militantes petistas, em sua maioria uniformizados de vermelho.

Além de Pitanga, Monica Iozzi e Letícia Sabatella também participaram do vídeo ao lado de nomes não muito conhecidos. Tanto Iozzi, quanto Sabatella têm sido boicotadas na internet por conta de suas declarações polêmicas.

Publicidade

O PT e os militantes petistas acusam a TV Globo de ser apoiadora de um suposto ‘golpe’. Durante os protestos petistas a emissora não mandou jornalistas e cinegrafistas para filmarem o evento, pois os militantes do PT costumam agredir seus funcionários e danificar veículos e equipamentos. Para mostrar o protesto, a emissora divulgou imagens feitas do alto do prédio da Globo. #Dilma Rousseff #Impeachment