Caro internauta, você já pode comemorar, mas só por enquanto. Na noite desta sexta-feira, 22, o Conselho de diretores da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu barrar uma decisão da própria agência. Depois de muita pressão na internet, está proibido por tempo indeterminado que decisões afetem ou limitem o acesso à internet de banda larga fixa no Brasil. Isso significa que a internet que chega em prédios e na sua casa continuará sendo a mesma. A mesma agência chegou a anunciar que o pacote de vendas do novo tipo de negócio começaria a ser vendido em noventa dias na semana passada, pedindo até que os internautas não jogassem tanto online. 

A ideia dos empresários era convencer que hoje quem usa menos paga por quem usa mais e querer vender uma internet do tipo pague o quanto usar, ou seja, a empresa vende um pacote por determinado preço, caso você atingisse o patamar estabelecido, a conexão seria diminuída ou cortada.

Publicidade
Publicidade

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o PROCON já ameaçavam entrar com ações na justiça para impedir que a venda de conexão fixa ficasse que nem a móvel, fato chamado por ambas as instituições como retrocesso.

O suposto encarecimento para se conectar rendeu muitas piadas. Teve gente que sugeriu novas formas de se entreter, como conversando com pessoas que moram na mesma residência. Outros lembraram de jogos considerados mais antigos, evitando assim gastar muitos gigas online, como pular amarelinha ou brincar de bola de gude. Até jogos existentes apenas em filmes, como o Jumanji, acabaram sendo lembrados. 

Antes da decisão da Anatel, a presidente Dilma Rousseff chegou a dizer que não assinaria nenhum decreto que levasse o consumidor. A medida aparece justamente no momento em que a líder petista sofre o processo de impeachment e que argumenta que está acontecendo contra ela um "golpe de estado".

Publicidade

Inevitavelmente, a palavra "golpe" remete à ditadura, período marcado pela falta de liberdade no país, como por exemplo, a limitação da liberdade de imprensa. Muita gente ficou com medo de ter limitado novamente o conhecimento e a informação.  #PT #É Manchete! #Crise-de-governo