Mais um caso de crueldade com os #Animais foi registrado nos últimos dias. Após um golfinho morto na Argentina e um Cisne estrangulado na Macedônia, um tubarão foi retirado vivo da ‘Praia do Amor’, no município do Conde, litoral sul da Paraíba, no nordeste do Brasil.

As imagens, publicadas no Facebook no sábado, 26, mostram homens arrastando o animal pelo rabo e o deixando na areia, gerando acúmulo de curiosos no local. O tubarão começa a se contorcer desesperadamente com falta de ar.

Um peixe menor começa a se debater na praia e o ‘narrador’ do vídeo diz ser um filhote do tubarão. Testemunhas também disseram a TV Cabo Branco que se tratava de um filhote do tubarão, que teria o abortado enquanto se debatia.

Publicidade
Publicidade

Após investigações, a polícia civil concluiu que se tratava de um tubarão macho e que o peixe menor era uma rêmora, que é popularmente conhecida como ‘peixe piolho’.

Ambos os animais foram deixados para morrer na praia, entretanto, ao serem interrogados, os acusados disseram que levaram o tubarão vivo em um carrinho de mão até um rio da região.

As pessoas presentes na praia no momento da filmagem não fizeram nada além de correrem com seus ‘belos corpos queimados de sol’ para verem de perto o ocorrido ou para fotografar e filmar tudo com seus celulares, sendo totalmente inertes ao #Crime ambiental que ocorria diante de seus olhos.

Os homens indiciados pelo crime, um de 32 anos e dois de 51 anos de idade, informaram que avistaram o tubarão e ficaram ‘desesperados’, então decidiram ir onde ele estava ‘encalhado’, em um local da praia em que a água do mar bate na altura do pescoço, e o puxaram para conferir proteção aos banhistas.

Publicidade

As autoridades ficaram sabendo do caso após a repercussão das imagens e os acusados podem ser condenados de três meses a um ano de detenção, além de pagamento de multa pelo sofrimento desnecessário causado ao animal.

Ativistas dos direitos animais ficaram indignados tanto com o fato cruel, quanto com a inércia das pessoas que assistiram tudo como se fosse um bom filme sem fazer absolutamente nada, nem mesmo um questionamento aos autores do crime.

Veja o vídeo que repercutiu em todo o Brasil:

E você, o que achou de mais esse caso de crueldade com os animais? Exponha sua opinião deixando um comentário nessa notícia. #Comportamento