Um jovem morador de Fortaleza, estava com seu namorado no Shopping Benfica em fortaleza, quando foi constrangido publicamente, porque estavam se beijando na praça de alimentação.

Segundo o jornal Extra, o jovem fez um desabafo nas redes sociais, que repercutiu bastante, dando início a um movimento contra o preconceito, que levou dezenas de casais ao shopping, para um beijaço LGBT.

Constrangimento

Michel Vincent, um jovem rapaz, morador de Fortaleza, fez um desabafo em seu Facebook, onde relatava o constrangimento ao qual ele e seu namorado, foram submetidos por um segurança do Shopping Benfica, porque se beijaram enquanto estavam na praça de alimentação do estabelecimento.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Michel, no último dia 26 de março, ele e seu namorado estavam shopping e trocavam carinhos como qualquer outro casal, que frequenta o local.

Entretanto o casal foi interpelado por um segurança, por causa dos beijos que eles trocavam. Michel relata em sua postagem, que o segurança chegou até eles e pediu que "maneirassem nos beijos, pois tinham crianças sentadas nas mesas ao lado".

Michel disse que poderia ter deixado o ocorrido passar "batido", mas que resolveu fazer o desabafo, para que outros casais não passem pelo mesmo constrangimento, que ele e seu namorado passaram, uma vez que o shopping Benfica é um dos mais frequentados pela comunidade LGBT de Fortaleza.

Repercussão e manifestação

A postagem teve grande repercussão nas redes sociais. Foi marcada uma manifestação em desagravo a situação humilhante, a qual viveu Michel e seu namorado.

Publicidade

Na última sexta-feira (8), amigos e várias outras pessoas que solidarizaram com Michel, se reuniram na praça de alimentação do shopping para um beijaço LGBT contra o preconceito

O jovens também caminharam pelos corredores do shopping, gritando a seguinte frase, "beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser".

Michel postou em seu perfil no Facebook alguns vídeos da manifestação no shopping e agradeceu a todos pelo apoio.

Veja na íntegra o desabafo de Michel em sua página no Facebook:

Assistam um dos vídeos do beijaço LGBT aqui:

"Tenho o direto de beijar quem eu quiser":

#Crime #Internet #Funcionamento shopping