O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem proibido que seus interlocutores usem celulares perto dele em encontros pessoais. A informação foi confirmada neste sábado, 09, pelo site da Revista Veja. O político está hospedado em um hotel em Brasília, mas quem quiser falar com ele necessitará Emomento crítico e depois que o juiz federal Sérgio Moro divulgou interceptações envolvendo Lula, uma delas tinha a presença de Dilma Rousseff. Os interlocutores de Dilma acreditam agora que Moro também pode atrapalhar a imagem da presidente nessa semana de votação do #Impeachment.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, aliados de Dilma já dizem que o cenário político ficará cada vez mais embaralhado.

Publicidade
Publicidade

Eles tem praticamente certeza que o comandante da Operação Lava Jato já está preparando uma forte ofensiva nos dias que se seguirão. Isso porque a previsão da votação para a saída da líder política do país do cargo da presidência continua sendo prevista para o dia 17, um domingo.

Nesta segunda-feira, 11, acontecerá outra votação na Câmara dos Deputados. Essa irá dizer se o processo de impeachment vai mesmo ou não ser votado por todos os deputados. Para que o documento passe para o Senado, pelo menos dois terços da casa precisa ser favorável a ele. Segundo dados obtidos pelo governo e divulgados pelo colunista Gerson Camarotti, do G1, ainda faltam cerca de 4% dos deputados para que o impedimento seja aprovado.

Existe o temor de que haja novos vazamentos de delações premiadas. Nesta semana, uma envolvendo a Andrade Gutierrez complicou ainda mais a vida da líder petista.

Publicidade

Isso porque executivos da empresa disseram que o dinheiro utilizado para a campanha eleitoral da presidente é oriundo de verbas desviadas da Petrobrás em um grande esquema de corrupção, justamente agora o que a Lava Jato tem investigado. Há o temor também que dois ex-ministros do governo do PT sejam presos: Erenice Guerra e Antonio Palocci.  

Na sua opinião, esse processo de impedimento passará ou não pela Câmara dos Deputados. Dilma deve deixar de ser presidente? Comente!  #Dilma Rousseff