O fato aconteceu na cidade de Vitória, no Espírito Santo. Uma mãe, ao receber um questionário elaborado visando o projeto social da prefeitura daquela cidade, achou, no mínimo, ‘estranho’ a pergunta sobre orientação sexual para crianças, já que o projeto era destinado a pessoas de 6 a 15 anos. Em um dos itens, havia a pergunta: ‘Orientação Sexual’. A mãe respondeu com surpresa, e afirmou: “Ele só tem 7 anos”.

O Projeto Social se chama ‘Caminhando Juntos’, (Cajun) e, através de uma nota, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) da cidade de Vitória disse que a questão é que o formulário foi passado no formato padrão e que a mesma não tinha nenhuma intenção de causar ou insinuar qualquer situação que viesse constranger os familiares.

Publicidade
Publicidade

A Semas ainda ressalta que, no caso que aconteceu com a mãe que se revoltou por causa de uma das opções, não existe problema. A Secretaria inclusive pediu à mãe que desconsiderasse a informação, uma vez que seu filho tem 7 anos.

Por outro lado, a mãe ao ver a pergunta no questionário, além de ter escrito que seu filho não tinha idade suficiente para definir o que quer ser da vida, com relação à orientação sexual, a mesma ainda tirou fotos com o seu celular e postou em seu perfil de rede social. Lá, ela escreveu como legenda da imagem: “Alguém pode me explicar qual a finalidade disso?”, perguntou.

Houve centenas de respostas em sua pergunta no Facebook. Muitas pessoas saíram em apoio à mãe, diversas disseram em forma de resposta que ela está correta, pois, não há necessidade de haver, em um questionário para pessoas de pouca idade, uma pergunta sobre o que ela quer ser no sentido sexual.

Publicidade

Já outras pessoas, como também havia explicado a própria Semas anteriormente, defenderam que não há problema no questionário, pois, o mesmo também é direcionado para adolescentes, que já estão entrando na fase de conhecimento sexual próprio, e, por isso, já devam entender o que de fato queiram ser sexualmente, e, portanto, o filho dessa mãe realmente não precisava responder esse quesito. #Curiosidades #Internet