Em perfil de uma rede social, um integrante do EI (#Estado Islâmico) declarou que o Brasil seria o próximo país a sofrer com ataques terroristas.

A Agência Brasileira de Inteligência(ABIN) informou que o perfil do terrorista é verdadeiro e que o mesmo é membro do grupo terrorista. O dono do perfil é conhecido como Maxime Hauchard, de 22 anos e de origem francesa, e foi confirmado que a mensagem foi postada uma semana após os atentados terroristas que ocorreram na França, onde o mesmo declara que o Brasil será o próximo. A ABIN já está em monitoramento, tanto em relação ao EI como a pessoas que se declaram simpatizantes ao movimento terrorista dentro e fora do País.

Publicidade
Publicidade

Existe uma preocupação pois os ataques podem vir a ocorrer nos jogos olímpicos do Brasil, que será realizado no estado do Rio de Janeiro ainda este ano. Locais possíveis de ataque são aeroportos e linhas de metrô, assim como em Bruxelas na Bélgica.

Contudo, as Forças Armadas Brasileiras já estão em alerta e o monitoramento da ABIN está em forte rigor para que seja minimizado e até mesmo evitado qualquer tipo de ataque de impacto terrorista no Brasil. No entanto existe uma dificuldade, pois se tratando do evento olímpico, haverá grandes movimentações nos aeroportos e por muitas vias de transporte que serão utilizadas pelos membros e pelo público admirador dos jogos. A maior dificuldade é identificar quem ao certo pode estar entrando no país e que seja membro do EI, afinal o grupo é formado por pessoas de vários países, inclusive pessoas de nacionalidade brasileira, nunca sabendo ao certo quem está entrando.

Publicidade

Com os fatos expostos de que existe realmente essa ameaça em potencial, para as Olimpíadas será feito um controle rigoroso de segurança na entrada de pessoas ao país, lembrando que geralmente ataques terroristas ocorrem em grande cidades, o que pode levar a ABIN a se preocupar não apenas com o Rio onde pode haver maior potencial de ataque, mas também a grandes metrópoles.

O que nos resta agora é aguardar, sabendo que o nosso grupo de inteligência está atento a todos os movimentos do Estado Islâmico e trabalhando a todo vapor para evitar que o Brasil venha ser palco de um massacre realizado por estes terroristas. #Casos de polícia #Al Quaeda