Neste domingo, 24, o ator José de Abreu teve mais de vinte minutos para se explicar durante o 'Domingão do Faustão' para se explicar sobre um episódio que ocorreu na sexta-feira, 22, quando Abreu cuspiu em um casal que estava jantando em um restaurante japonês de São Paulo. De acordo com o filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), ele sofreu agressões por conta de sua defesa à presidente #Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O casal teria chamado José de "ladrão" e sua esposa de "vagabunda". O barraco virou o assunto mais comentado da internet e em meio à crise política, Faustão aproveitou um quadro que já estava produzido para dar espaço ao ator.

Publicidade
Publicidade

O problema é que a ideia era que Abreu pedisse desculpas em rede nacional, afinal, ele também errou, por mais até que justifique ter recebido agressões verbais. Faustão bem que tentou conseguir algum grau de arrependimento, falando das horas que já haviam passado, da carreira bem construída e do que José representava, mas não deu certo. Pior, ele tentou defender o cuspe em outra mulher pelo fato dela ser machista, chamando sua esposa de "vagabunda". "E ele não foi?", questionou o público revoltado. É bom dizer que boa parte dos petistas concordaram com o cuspe e com as declarações do ator, mas a atitude não foi unanimidade nem mesmo em quem é contra ao #Impeachment de Dilma.

Na internet, o nome de Faustão e da TV Globo ainda estão entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira, 25.

Publicidade

O público pede um direito de resposta ao casal que aparece nas imagens e acusa a emissora de dar espaço a um cuspidor. "Fizeram homenagem a um homem descompensado. Não caiu bem", avaliou um internauta. Há até quem ameace fazer um boicote à emissora e ao apresentador Fausto Silva, que diversas vezes deu posições que insinuavam que ele é contra o governo de Dilma Rousseff e a favor do impeachment.

Durante a entrevista, Faustão ficou a maior parte do tempo calado e até um pouco constrangido. Ele chegou a avisar que existiriam perguntas do público, mas o clima quente da entrevista não possibilitou isso. Abreu disse diversos palavrões e vídeos da entrevista foram retirados do ar na internet. O site da Globo também tenta esconder o momento vergonhoso, não noticiando o fato, tampouco editando um vídeo com o momento mais importante do fim de semana.  #Crise-de-governo