Por volta das 23h10, momento em que o resultado da votação da Câmara dos deputados dava que a presidente Dilma Rousseff tinha perdido a batalha do impeachment (nessa instância), a televisão brasileira registrou um placar não visto nem mesmo em finais de Copa do Mundo. A TV Globo registrava 37 pontos, a Record 8, Band 4, RedeTV 2 e TV Brasil 0,8 na grande São Paulo. Esses dados são prévios e podem sofrer uma modificação nesta segunda-feira, 18, quando o Ibope consolidado divulgará os resultados.

Há anos a Globo não via uma audiência tão alta em pleno domingo. O SBT, que preferiu não cobrir o momento histórico para o país tinha neste momento 8,8 pontos.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, o resultado sobre o futuro político de Dilma teve, no mínimo, mais de 50 pontos na grande São Paulo, onde cada ponto representa cerca de 69 mil domicílios. Dessa forma, no momento mais importante da votação, 3,5 milhões de residências em São Paulo acompanhavam esse momento histórico pela televisão, só na transmissão aberta. Os rumos da Câmara foram transmitidas por outras televisões, como a TV Câmara, que retransmitiu o sinal para outras emissoras, Band News, Globo News e Record News.

Nem mesmo em dias de eleição a Globo costuma ter Ibope tão alto, fato que não é registrado há mais de uma década. É importante dizer que esse pico foi apenas durante 15 minutos. Um pouco antes e minutos depois a audiência caiu, girando em torno dos 20 pontos. No início dos trabalhos da Câmara e durante muitos momentos a Globo chegou a brigar por poucos pontos com o SBT. 

Além das televisões em casa, a internet e o rádio brasileiro cobriram a votação do início ao fim.

Publicidade

Quem foi às ruas também pôde acompanhar o que acontecia na Câmara. Em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, por exemplo, enormes telões foram montados. Estes foram acoplados com caixas de som para que nenhuma palavra fosse perdido. A cada "Sim" o público pró-#Impeachment gritava. O mesmo valeu para quando o "Não" era manifestado pelos deputados. Já nos minutos finais, manifestantes contra o impedimento choravam e apareciam bem tristes por não acreditarem mais em uma reviravolta, o que realmente não aconteceu.  #Lula #Dilma Rousseff