Nesta quinta-feira, 28, a advogada Janaína Paschoal virou um dos assuntos mais comentados da internet. Professora da USP, ela é uma das profissionais da justiça que formulou o pedido de impeachment contra Dilma que foi entregue à Câmara dos deputados e aceito pelo presidente da casa, Eduardo Cunha. O documento também foi assinado pelo jurista Mighel Reale Junior, ex-Ministro da Justiça. O mesmo pedido agora é analisado pela Comissão do Senado sobre o tema após os deputados aprovarem por 367 votos o seu prosseguimento no Congresso Federal. Após ter dificuldade para começar a sua fala, sendo interpelada por diversos Senadores.

Em diversos momentos, ela lembrou que o povo brasileiro acompanha aquela reunião, tentando explicar claramente todos os argumentos da acusação de Dilma, especialmente aqueles conhecidos como "juridiquês".

Publicidade
Publicidade

Em determinado momento, já emocionada, Janaína ergueu Constituição e disse ser livro sagrado em que crianças devem acreditar. "PT não assinou, por isso fala em golpe." Até o fechamento desta reportagem, a advogada ainda continuava na comissão, respondendo às perguntas dos Senadores. O artigo foi fechado às 20h25 no horário de Brasília.

Veja abaixo alguns dos melhores comentários sobre sua atuação na Comissão:

"Como típica penalista, fala com muita emoção. Seu estilo é artístico. Ninguém melhor que ela para falar no Congresso."

"está dando uma verdadeira aula de direito e não só para o Senado, mas para o homem comum ..."

"Meu Pai do Céu, temos de erigir uma estátua dessa mulher! Dra. Janaína Paschoal é o Brasil vivo!".

"Equalização é o pagamento da diferença dos juros do dinheiro tomado e do dinheiro emprestado."

"Pilares da denúncia que derrubará Dilma, elencados pela nobre advogada: 

1.

Publicidade

Petrolão; 2. Pedaladas; 3. Decretos ilegais".

"A professora de Direito Penal que fala sobre o impeachment usou com conhecimento a farsa com o povo que é governo atual".

"Depois de hoje quero meu certificado de conclusão de magistratura, aula da prof. Janaina Paschoal com colegas do Senado. Honra".

Alguns dos comentários precisaram ser editados para serem inseridos nessa reportagem.  #Lula #Dilma Rousseff #Crise-de-governo