Na última semana, a presidente da república Dilma Rousseff se reuniu no Palácio do Planalto, onde recebeu o apoio de inúmeras personalidades públicas, entre intelectuais e artistas. Uma das presentes foi a atriz Letícia Sabatella, que apesar de dizer não concordar com o governo da líder política, manifestou-se completamente contra o impeachment, que para o Partido dos Trabalhadores (PT) é um golpe. Vista como militante de Dilma, Letícia foi muito criticada nas redes sociais. Tanto, que seu perfil oficial no Facebook está temporariamente suspenso.

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, a conta saiu do ar no domingo, 03, mas até a tarde desta segunda, 04, continua sem pode ser acessada, tanto por Letícia, como também por seus seguidores.

Publicidade
Publicidade

Acredita-se que o comportamento de Sabatella na rede social tenha feito o perfil ser bloqueado. As denúncias contra a página dela aumentaram depois do encontro com #Dilma Rousseff, realizado no último dia do mês de março, em um encontro chamado de pela "defesa da democracia". 

O marido da atriz, Fernando Alves Pinto, até lançou uma campanha pela sua esposa, tentando incentivar o uso da hashtag #SomosTodosSabatella. Através de sua conta na mesma rede social, ele informou que Letícia não foi excluída do Facebook, mas que ela estaria "provavelmente" apenas bloqueada temporariamente. Até o momento, a assessoria da empresa não confirma o que aconteceu, tampouco se pronunciou sobre o ocorrido.

Depois de criticarem grandes mídias, como a TV Globo, muitos petistas estão usando a hashtag para dizer que existe agora uma censura da rede social, que tem bloqueado muita gente em tempos de guerra política.

Publicidade

Em outros bloqueios, a rede social explicou que os partidários dos dois lados estão tendo comportamentos que são vistos como ameaças pelo sistema. Ao publicar ou comentar em muitos grupos, por exemplo, o internauta pode perder a credibilidade de ser uma pessoa real, ficando proibido de postar neles por até um mês, ou ser obrigado a apresentar um documento de identidade.  #Lula #Impeachment