Milena Teixeira virou um dos assuntos mais comentados da internet nesta segunda-feira, 25. Ela que foi Miss Bumbum Estados Unidos em 2013 é a nova primeira dama do turismo. Em entrevista a Globo.com, ela contou sobre a felicidade de ver o marido, Alessandro Teixeira, assumir o cargo de Ministro do Turismo. A posse aconteceu na semana passada, após a presidente Dilma Rousseff ter sido derrotada na Câmara dos deputados por 367 votos. O processo de impeachment dela agora está na Comissão do Senado. Milena Teixeira virou assunto porque comemorou o fato do novo emprego do marido de maneira inusitada, publicando fotos, digamos, "calientes". 

Ela ainda fez um desafio, querendo saber se a esposa de outro Ministro do governo Dilma era mais bonita do que ela.

Publicidade
Publicidade

Tanta beleza não tira espaço para o debate político. Ela tem opinião sobre o que está acontecendo no país. "Isso tudo está acontecendo porque quem não mama, chora", declarou a primeira dama do turismo. De acordo com ela, o povo sabe bem o que ela quer dizer. Milena foi além, decidiu tirar toda a roupa e tampar suas partes íntimas apenas com a faixa presidencial. 

A esposa do Ministro do Turismo disse que não está fazendo isso para aparecer, mas para conseguir ter voz sobre os problemas que o país passa nesse momento. "O povo brasileiro dá mais atenção a uma bunda de fora do que para o que precisamos realmente dar atenção", argumentou Milena. Ela não disse na entrevista ao site da Globo se é a favor ou contra o impeachment da presidente #Dilma Rousseff, mas revelou que a cultura brasileira precisa ser melhorada, conseguindo assim que os representantes do povo fossem eleitos com mais consciência. 

A primeira dama ainda revelou estar indignada com muitos governantes, falando que estão saqueando os cofres do estado e que teme que o Brasil não se sustente pelos próximos dez anos.

Publicidade

Além de Miss Bumbum, Milena tem duas formações. Aos 30 anos, a baiana tem graduação em Relações Internacionais e Direito. Seu sonho para o futuro é passar no concurso de delegada da Polícia Federal.  #É Manchete!