Uma derrota dura com muitas lágrimas. Foi assim que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assistiu à derrota da presidente Dilma Rousseff neste domingo, 17, na Câmara dos deputados. A revelação do momento difícil foi feita pelo próprio petista em um evento realizado com petistas nesta terça-feira, 19, e reportado pela Folha de São Paulo. Ele ainda teria dito também que Dilma via tudo com muita rigidez e que foi ela quem pediu que seus conselheiros e auxiliares o consolassem. Lula teria saído da sala onde assistia a votação na Câmara por três vezes. Todas elas para chorar. 

"Cuidem do presidente", teria dito a presidente da república, como reportou a Folha de São Paulo.

Publicidade
Publicidade

O petista lembrou de momentos difíceis pelo qual passou seu governo e também do passado, da fundação do Partido dos Trabalhadores (PT). Ele ainda teria mostrado estar revoltado por ter que agora ver tantos colegas passando por obstáculos cada vez maiores. Apesar do choro e da fragilidade, Lula teria reconhecido os erros que cometeu, especialmente no que tange a formação de alianças com outros políticos.

Para muitos aliados dele, um dos maiores erros foi ter se unido ao PMDB para chegar ao poder. A falta de diálogo de Dilma e sua forma sisuda de levar o governo também sempre foram motivos de críticas. Rousseff e o PT sabiam da possibilidade do prosseguimento do #Impeachment desde o ano passado, mas demoraram para tomar providências, como dialogando com parlamentares. Só depois que a Comissão do impedimento já estava em vias de ser aprovada é que os petistas se uniram. 

Lula, mesmo sendo proibido de virar Ministro da Casa Civil pela justiça, decidiu virar interlocutor de Rousseff.

Publicidade

Ele se hospedou em um hotel luxuoso de Brasília, onde recebeu dezenas de parlamentares e líderes políticos das mais diversas legendas. Um dos encontros teria acontecido com Tiririca, do PR de São Paulo. Na conversa, Tiririca teria prometido a Lula que votaria contra o impeachment. Na votação, ele foi a favor. O deputado nega que tenha se reunido com Lula no hotel. A negativa foi realizada através de um post em uma rede social.  #Dilma Rousseff