O clima continua tenso na política brasileira. Antes mesmo do resultado da votação pelo #Impeachment da presidente da república Dilma Rousseff, partidos políticos através de seus deputados já pediam que a líder política do país fosse investigada pela Polícia Federal. A representação está sendo efetuada pelo PSC, PTB, PPS, DEM e PSDB. De acordo com essas legendas, uma notícia-crime será levada para os agentes da lei. Além de Dilma, também serão denunciados  o ex-presidente da república Luiz Inácio #Lula da Silva, agentes políticos conhecidos, como deputados, e até o governador do Maranhão, Flávio Dino. 

De acordo com a oposição, o governo estaria comprando votos dos parlamentares para evitar o impeachment da presidente #Dilma Rousseff.  "A denúncia é por corrupção ativa e a passiva por estarem negociando cargos do governo e outras coisas mais", disse em entrevista ao UOL o deputado federal Pauderney Avelino, líder do Democratas na Câmara dos deputados.

Publicidade
Publicidade

A conversa foi efetuada na tarde deste sábado, 16. Na noite desta sexta-feira, 15, o Movimento Brasil Livre (MBL) já havia feito acusação parecida através de uma rede social. De acordo com o MBL, o ex-presidente Lula estaria pagando deputados com dinheiro vivo.

O companheiro político de Dilma Rousseff está hospedado há mais de um mês em um hotel de alto luxo de Brasília. Lá, ele tem recebido seus aliados e também tentado convencer opositores a mudar seu voto. A acusação é que através da máquina pública, a presidente petista estaria oferecendo cargos e investimentos nos estados dos deputados que votarão a seu favor. O jornal O Globo, por exemplo, chegou a publicar que existia uma denúncia de que cada deputado que votar a favor do governo receberia R$ 1 milhão em investimentos para o seu estado.

Publicidade

Os que faltassem ou abstivessem seu voto, ficariam com R$ 400 mil de investimento. Através de um vídeo publicado na internet, o ex-presidente Lula pediu apoio aos parlamentares para que eles refletissem sobre o seu voto, lembrou que seu governo fez benfeitorias e que isso poderia ser retomado após esse período nebuloso, pois ele ajudaria Dilma a governar.