O Supremo Tribunal Federal (STF) havia marcado para hoje o julgamento do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva para esta quarta-feira, 20. A mais alta corte do país decidiria se o líder petista poderia ou não assumir o cargo de Ministro da Casa Civil e se ele beneficiaria do foro privilegiado do cargo para "fugir" do juiz Sérgio Moro. No entanto, por decisão da maioria dos Ministros, o julgamento será adiado. Dentre os motivos do adiamento, está o fato de que esse não era o único processo contra #Lula no STF. Com a decisão, os brasileiros, sejam eles os contra ou a favor do impeachment, ficaram ser tem a decisão da corte. 

15h10 - O adiamento da decisão sobre o futuro de Lula como Ministro ou não rapidamente tornou-se um dos assuntos mais comentados da internet.

Publicidade
Publicidade

"Brasil, um país onde nem a justiça funciona direito", disse um internauta que usou o Twitter com a hashtag #ForaLula. 

15 - Segundo o G1, até mesmo petistas não queriam mais que o ex-presidente assumisse o cargo de Ministro no governo Dilma. 

14h55 - O presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, explicou que uma nova data para que seja realizado o julgamento contra Lula será marcada “oportunamente”. No entanto, ele não deu uma previsão de quando isso irá acontecer. 

14h50 - Ainda não há uma data prevista para que o julgamento possa ocorrer, mas essa questão já está há praticamente um mês entre os Ministros do Supremo. 

14h45 - Na internet, os brasileiros criticaram o adiamento. "Gente, que absurdo. Esse clima de tensão no país e o STF não se posiciona", disse um internauta. 

14h40 - Entre os motivos para o adiamento estaria o fato de existir duas outras ações sobre o caso. 

14h35 - STF anuncia que julgamento de Lula será adiado.

Publicidade

Corte investigaria nomeação feita pela presidente #Dilma Rousseff após interceptação telefônica na Operação Lava Jato e também do pedido do Ministério Público ter solicitado sua prisão preventiva. #Crise-de-governo