tocha olímpica continua a sua caminhada pelo Brasil e, nesta quarta-feira (18), esteve na cidade de Serra. A passagem da chama começou às 7h, na frente do prédio Essencial, localizado na Avenida Eudes de Souza (Laranjeiras) e contou com a colaboração de quinze participantes.

A tocha chegou ao estado do Espírito-Santo, na segunda-feira (16) e o primeiro local por onde  ela passou foi Cachoeiro de Itapemirim, e, na terça-feira (17), seguiu para Guarapari, depois foi para Vila Velha e chegou a Vitória.

chama olímpica irá para Aracruz e contará com 18 pessoas, que passarão a tocha, depois chegará a Colatina e fará o percurso de 5,5 km.

Publicidade
Publicidade

Iniciará na Avenida Beira Rio e terminará na Praça da Matriz, em torno das 13 h.

A tocha sairá de Colatina e irá para Linhares, onde dará início ao percurso às 15h, perto da Praça Bittencourt, e fará a caminhada em muitas ruas do município, indo da Praça 22 de agosto até a Avenida Argênio Duarte, onde será encerrada a cerimônia.

Depois sairá de Linhares e passará por São Mateus, o percurso será em Guriri. A tocha irá para o município em um veículo e depois fará o caminho a pé, da Praça Amélia Boroto seguindo para o sítio histórico na cidade de São Mateus. Caminharão no centro, depois irão para o evento que se realizará na frente da igreja velha. O show marcará o encerramento da passagem da chama no Espírito Santo e ela irá para a Bahia na parte da manhã.

A chama olímpica

A tocha passará por 83 cidades no período da noite, incluídas 26 capitais do Brasil e o Distrito Federal.

Publicidade

No total, serão 500 cidades e farão revezamento 300 municípios e outros 200 verão a passagem da chama.

O revezamento da tocha olímpica envolve o bloqueio de ruas e avenidas e um grande aparato de segurança, tudo controlado pela COI (Comitê Olímpico Internacional).

Os percursos foram programados com vistas a alcançar um grande número de pessoas, que participarão e presenciarão a passagem da chama.

O comitê olímpico tem a perspectiva de que 90% do povo brasileiro vejam o repasse da chama. A quantidade de pessoas que irá conduzir o fogo olímpico está em torno de 12 mil pessoas, num percurso de 200 m cada um. Percorrerão 20 mil km distribuídos por locais do Brasil e também 10 mil milhas no ar, nas localidades do norte e centro-oeste, cidades de Teresina e Campo-Grande e deverão manter a chama sempre acesa.

O início da passagem da chama olímpica começou no dia 3 de maio, no Distrito Federal, e terminará dia 5 de agosto deste ano. A última pessoa condutora da tocha terá a incumbência de acender a Pira Olímpica no evento de abertura dos jogos olímpicos, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. #Entretenimento #Mídia #Rio2016