A votação do impeachment de Dilma Rousseff já começou no Senado e quem não tiver uma televisão por perto pode acompanhar a votação ao vivo pela internet.

A sessão deve durar aproximadamente dez horas, podendo ter esse período prolongado por conta de eventuais imprevistos e tumultos entre os senadores pró e contra o #Impeachment. Renan Calheiros anunciou na abertura da sessão que não votaria por estar presidindo a votação e que haveriam duas pausas na mesma:

1ª das 12 às 13 horas

2ª das 19 às 20 horas

Decisão deve sair ainda está noite, ocasião em que Dilma será imediatamente afastada e Michel Temer assumirá a presidência do Brasil.

Publicidade
Publicidade

A aprovação do afastamento da presidente da República não configura a consumação do impeachment, mas sim a abertura da fase de julgamento do processo, onde serão apresentadas as devidas provas. O prazo para decisão final é de até 180 dias, mas acredita-se que diante da atual situação política do Brasil, o processo de Dilma seja mais célere.

Mandado de Segurança

Ontem, 10 de maio, Eduardo Cardozo entregou um pedido de mandado de segurança ao STF, pedindo a anulação do impeachment. Pouco depois o Supremo divulgou em seu site que Teori Zavascki foi escolhido para decidir se deferirá ou não o pedido da AGU.

O ministro do STF deve proferir sua decisão no decorrer do dia, entretanto, antes da finalização da votação do afastamento de #Dilma Rousseff. Aliados da presidente já alegaram tal mandado em discussão no Senado nessa manhã, mas Renan Calheiros decidiu que a Casa tem competência e autonomia para prosseguir a sessão, mesmo sem uma decisão sobre o mandado de segurança.

Publicidade

Saída do Planalto

Após conselho de Lula, Dilma não deve mais descer a rampa do Planalto ao deixar a presidência, mas sairá pela entrada principal térrea, de onde embarcará no automóvel oficial e seguirá em comboio direto para o Palácio da Alvorada. É possível que a presidente cumprimente alguns militantes petista que estarão em frente ao Planalto para apoiá-la.

Assista a votação dando o play abaixo:

#Congresso Nacional