O ex-jogador e pentacampeão mundial de futebol, Rivaldo, soltou o verbo contra a violência no Brasil. Morando atualmente com a família nos Estados Unidos, o ex-atleta destaca a situação crítica de violência, ‘bagunça política’ e crise econômica em que o maior país da América Latina se encontra atualmente, principalmente às vésperas de uma Olimpíada, que é o evento esportivo mais importante do mundo. Rivaldo se revoltou com um crime acontecido recentemente com uma garota nas ruas da cidade maravilhosa e soltou o verbo.

Rivaldo ficou bastante revoltado com o caso de Ana Beatriz Frade, que tem 17 anos e era estudante. Ela foi assassinada, levou um tiro durante um arrastão acontecido próximo a Linha Amarela, no Rio de Janeiro.

Publicidade
Publicidade

Nesse dia, bandidos fizeram um cerco no local e fecharam todos os acessos à pista. A partir daí, passaram a fazer os assaltos e roubar os pertences das pessoas que se encontravam naquele lugar. Ao ver a movimentação, o pai de Ana tentou desviar o carro e ir para outro lugar, mas os meliantes perceberam e passaram a atirar no veículo, um desses tiros atingiram a garota que veio a óbito.

“Hoje pela manhã no Rio de Janeiro os bandidos mataram esta menina de 17 anos", disse o ex-jogador e craque da seleção brasileira de futebol. "A coisa está cada vez mais feia no Brasil.”, detonou Rivaldo. Ele aproveitou o ensejo para fazer alguns comentários acerca da violência que existe no Brasil, especificamente na cidade do Rio de Janeiro e também fez um pedido aos estrangeiros para que não venham ao país sul-americano para acompanharem os Jogos Olímpicos, pois, estarão correndo risco de vida: “Aqueles que visitarem o Brasil estarão correndo risco de vida”, contou.

Publicidade

“Isso sem falar nos hospitais públicos que estão sem condições e toda esta bagunça na política brasileira (...)”, destacou. Rivaldo conta que não ver esperança alguma no Brasil, para ele, tanto politicamente quanto socialmente o país não deixará de ser um caos: “Só Deus para mudar a situação do nosso Brasil”, disse.

Já com relação à política brasileira, Rivaldo se referiu a questão das operações da Polícia Federal que têm pego muito político importante, além disso, refere-se também a questão do impeachment da atual presidente da República, que está quase deixando o cargo. #Rio2016