Nesta sexta-feira, 20, aconteceu um ato na capital de Portugal, Lisboa, contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Intitulado 'Portugal pela Democracia', o encontro teve políticos, escritores, humoristas, profissionais da mídia e artistas conhecidos. Boa parte dessas celebridades, segundo informações do site 'Diário do Poder', já teriam sido financiados através de órgãos públicos. O financiamento ocorreu legamento a partir de "projetos culturais" contemplados, como por exemplo, quando o extinto Ministério da Cultura (e agora Secretaria Nacional de Cultura) autorizava a captar verba pela Lei Rouanet. A captação, muitas vezes, acaba sendo tão complexa que artistas não conseguem financiar seus projetos. 

O financiamento desses artistas aconteceu justamente nos últimos anos, durante os governos do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva e de #Dilma Rousseff.

Publicidade
Publicidade

Um dos que apoia o movimento contra o impeachment realizado fora do Brasil é o comediante Gregório Duvivier, que além de integrar o grupo 'Porta dos Fundos' também é colunista. O evento organizado por ele, no entanto, não teve tanto sucesso no Facebook. Pouco mais de 200 pessoas havia confirmado presença para lutar contra o impedimento da petista em outro país. 

Gregório Duvivier, segundo o Diário do Poder, também teria sido beneficiado pelas leis da cultura. O gênero da comédia não teria sido tão afetado com a falta de verba do então Ministério. O site, no entanto, não publicou números e os nomes dos projetos nos quais o comediante teria recebido benefício.

Também na Europa, durante a semana, Senadores do #PT passaram dias para levar a pauta do "golpe" ao país que colonizou por mais de 200 anos o Brasil.

Publicidade

Eles, no entanto, não passaram desapercebidos em encontros curiosos. Um deles mostra o fim do que seria um belo jantar. A imagem publicada na coluna Radar, assinada pela jornalista Vera Magalhães, mostra dois Senadores do PT Lindbergh Farias (Rio de Janeiro) e Gleisi Hoffman (Paraná), além de Vanessa Grazziotin (PC do B).