Marcel Montalvão Maia, que atende como juiz no município de Lagarto (SE), foi o responsável pelo bloqueio do #WhatsApp. Hoje ele é um dos nomes mais comentados na internet.

Dr. Marcel, como é conhecido pelos moradores, chegou a pequena cidade em 2015, tornando-se muito querido pela população local. Homem de caráter irrepreensível, logo mostrou a que veio quando começou uma dura luta contra o tráfico de drogas da localidade. O juiz já foi alvo de muitas ameaças, e por esse motivo anda sempre escoltado por policiais, nunca sai sem o colete à prova de balas e a arma na cintura. Na cidade ele também é conhecido como 'Sergio Moro de Lagarto'.

Montalvão gosta de sair às ruas e participar ativamente das operações policiais ao lados de colegas, e segundo as palavras de um funcionário da delegacia, o vagabundo na cidade tem medo da punição porque ele sabe que a lei é rigorosa, por isso pensa bem antes de praticar o delito.

Publicidade
Publicidade

O magistrado também atuou na cidade de Estancia (SE) na Delegacia de Furtos e Roubos. Um dos casos que mais repercutiu na cidade foi quando ele decretou a prisão do ex-deputado estadual Raimundo Lima Vieira (PSL) em 2015. O político em questão estava envolvido com um escândalo de corrupção.

Em entrevista concedida ao Portal Lagartense, o juiz Montalvão disse que sua missão na cidade era servir o povo em nome de Deus e que vai cumpri-la, doa a quem doer. Ele exerceu o magistério por vinte anos no cargo de professor de matemática e tornou-se advogado em 2011.

Motivos para bloquear WhatsApp

De acordo com as Policia Federal, por causa da falta de informações que deveriam ser fornecidas pelos administradores do aplicativo, o inquérito que corre na Policia Federal de Sergipe está parado. As investigações correm em segredo de justiça e a finalidade é obter informações para coibir a ação de uma suposta organização criminosa, no sul do país.

Publicidade

A volta do aplicativo

A ordem foi dada pelo desembargador do Tribunal de Justiça do estado, Ricardo Múcio Santana de Abreu Lima, que atendeu um pedido dos advogados do aplicativo. Desde a tarde dessa terça-feira (3) o WhatsApp está de volta. #Viral #Conectados