De acordo com informações do colunista Claudio Humberto publicadas nesta sexta-feira, 27, pelo site 'Diário do Poder', a presidente afastada Dilma Rousseff tem gasto demais com os cartões de crédito do governo. Só neste ano, usando os cartões corporativos, a representante do Partido dos Trabalhadores (PT) teve gastos de R$ 4 milhões. Tudo, é claro, pago por todos nós contribuintes através de inúmeros impostos. O número é tão alto que é como se Rousseff esbanjasse quase R$ 33 mil por dia. E não tem folga nessa contagem, que inclui feriados e fim de semanas. 

No cálculo utilizado pelo colunista do 'Diário do Poder', o número de dias utilizado foi de 123, o que pode fazer com que a média gasta diariamente possa aumentar ou diminuir, pois mesmo afastada a petista estaria usando os cartões corporativos.

Publicidade
Publicidade

Mas não só ela, outros funcionários e pessoas com cargos de confiança podem usar os tais cartões, elevando ainda mais os gastos, que chegam a quase R$ 14 milhões só neste ano. É bom lembrar que Dilma recebe salário, até mesmo não exercendo nenhuma função pública na prática, como acontece atualmente. 

Os números expostos pelo jornalista só aumentam. A equipe de Dilma teria beneficiado servidores com diárias, que em menos de seis meses custaram quase R$ 105 milhões. O escândalo aumenta após a revelação de que no primeiro mandato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva proibiu que fosse revelado com o que é gasto os cartões destinados ao presidente. Com isso, o contribuinte não sabe sobre 90% das coisas que são compradas ou serviços pagos. Que coisa, não? 

Mas o jornalista dá detalhes sobre como a quantia foi gasta.

Publicidade

Dilma teria ido até ao cabeleireiro usando o cartão corporativo. Outros gastos foram com hotéis de luxo e restaurantes refinados, além de pagar passagens da equipe e alugar carros. Até mesmo os seguranças de ex-presidentes recebem o benefício. De todos os portadores do cartão, apenas quatro deles tem os gastos divulgados, são eles Fernando Henrique Cardoso e o próprio Lula.  #Crime #É Manchete!