A presidente Dilma Rousseff, afastada do #Governo desde o dia 12, deu uma entrevista à Folha de São Paulo, na qual acabou mentindo sobre uma determinada questão: encontros com o ex-presidente de uma das maiores empreiteiras do país, Marcelo Odebrecht. A mentira foi desvendada pelo jornalista Josias de Souza neste domingo, 29. A representante do Partido dos Trabalhadores (PT) foi questionada sobre quantos encontros teve com o empresário.  “Eu não recebi nunca o Marcelo no [Palácio da] Alvorada”, disse a companheira política do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Em seguida, Dilma tentou contornar a situação, dizendo que se recebeu não lembrava.

Publicidade
Publicidade

No entanto, Rousseff acabou se dando mal, sendo traída por arquivos do próprio Palácio do Planalto. Desde que se tornou presidente, a petista teve não um, mas quatro encontros pessoais catalogados no Palácio do Planalto, fora possíveis outras reuniões fora dele. Dois encontros foram realizados no próprio Planalto e outros dois, realizados em 2014, às vésperas das eleições presidenciais, aconteceram na Alvorada.

Neste domingo, o blog 'O Antagonista' publicou que Marcelo Odebrecht confirmou que #Dilma Rousseff tentou atuar para tirá-lo da cadeia. A hipótese já tinha sido manifestada na delação do ex-Senador Delcídio do Amaral. Ex-líder de Dilma no Senado, ele revelou que a nomeação de Marcelo Navarro no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) ocorreu para tentar tirar Odebrecht da cadeia. Recentemente, Rousseff disse que Delcídio era compulsivo por mentir.

Publicidade

Já o Diário do Poder, também neste domingo, diz que políticos dizem que Luiz Inácio Lula da Silva tem certeza de que pode ser preso a qualquer momento por conta da delação de Marcelo Odebrecht. Um dos pontos mais polêmicos da política recente exibiu Lula tentando tomar posse como Ministro da Casa Civil, mas sendo impedido pela Justiça. O impedimento ocorreu pela estranheza do cargo dado por Dilma, dias depois que o Ministério Público de São Paulo pediu a prisão preventiva do ex-presidente.  #PT