Ele foi um dos Ministros do governo da Presidente Dilma Rousseff, mas agora parece não concordar com nenhum de seus atos. Moreira Franco é considerado braço direito do vice-presidente Michel Franco e usou seu perfil oficial no Facebook neste domingo, 1º de maio, Dia do Trabalhador, para criticar Dilma. Para ele, o anúncio do chamado "pacote de bondades", como o reajuste de 9% do Bolsa Família só mostra como Dilma é manipuladora através da propaganda, a qual ele chamou de "enganosa". Além do 'Bolsa Família', Rousseff anunciou o reajuste do Imposto de Renda em 5%, como também um licença paternidade maior para servidores, chegando a 25 dias. Segundo a líder petista, isso fará os homens ajudarem mais às mulheres nesse período importante. 

Na internet, Moreira Franco lembrou que o último aumento do Bolsa Família ocorreu há dois anos, justamente em ano eleitoral, não considerando a inflação do período.

Publicidade
Publicidade

O ex-Ministro da presidente disse que o povo não era bobo, insinuando que a estratégia da presidente não funcionária há dez dias da votação no Senado que definirá se ela será ou não afastada do posto mais importante da política brasileira. 

Já Dilma, aproveitou o palco da Central Única dos Trabalhadores (CUT) para falar mal do seu vice, que é quem assume no lugar dela, caso o afastamento seja aprovado pelo Senado. De acordo com a presidente, o partido de Temer, o PMDB, quer tirar 36 milhões de beneficiários do programa social. Atualmente, o programa atende quase 45 milhões de pessoas em todo o Brasil. Moreira Franco então criticou esse anúncio da líder petista, dizendo que a proposta do PMDB não é tirar o programa social, pelo contrário. "A proposta da Travessia Social é manter o Bolsa Família para todos! E melhorar para os 5% mais pobres", explicou o ex-Ministro através de sua rede social. 

O evento da CUT não contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, que disse através de sua assessoria que perdeu a voz e que estava cuidando da saúde.

Publicidade

Interlocutores disseram que ele está bem, que só quis deixar o protagonismo da data com Dilma. Já opositores falam que o petista começa a desvincular sua imagem de Rousseff. #Dilma Rousseff #Impeachment