Trinta e três homens são procurados acusados de participar do estupro coletivo da menina de 16 anos, que segundo a polícia aconteceu no ultimo sábado (20).

O #Crime brutal ganhou repercussão mundial, e chocou pessoas em todo o planeta, depois que as imagens do estupro foram divulgadas na internet.

O vídeo mostrava a vítima desacordada e ferida, enquanto seus algozes se vangloriavam do estupro coletivo, afirmando que ' aqui passou mais de 30'.

Repúdio e revolta

Centenas de milhares de pessoas em todo o mundo se consternaram com a situação da vítima e se revoltaram com esta barbaridade. E uma pergunta que não quer se calar, será que se o vídeo não viesse a público, esse crime seria denunciado?

De acordo com Globo News, o caso está sendo amplamente divulgado e chocou o mundo inteiro.

Publicidade
Publicidade

A segurança da cidade do Rio de Janeiro, sede das Olimpíadas que vão acontecer em poucos dias, está cada vez mais desacreditada. 

Famosos vieram a público dar apoio a vítima e exigir justiça. A sociedade brasileira também está farta de tantos crimes hediondos, da impunidade e principalmente da morosidade da justiça do nosso país.

Não há mais espaço em nossa sociedade para que crimes como este possam acontecer. A cada 11 minutos uma mulher é estuprada no Brasil. Até quando vamos aceitar esta situação?

Vítima agradece o apoio que vem recebendo

A jovem de 16 anos usou as redes sociais para agradecer o apoio que vem recebendo. Ela dá a entender que está surpresa por não ser julgada e considerada culpada pelo estupro, o que demonstra como a cultura machista está inserida no consciente coletivo dos brasileiros.

Publicidade

A vítima postou na noite desta quinta-feira (26),  “Venho comunicar que roubaram meu telefone e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”.

"Não doí o útero, doí a alma"

Diante da comoção e de tantas mensagens de apoio e solidariedade, a menina que sofreu tamanha agressão e humilhação, novamente veio a público para deixar uma mensagem no Facebook, ela fez o seguinte desabafo: "Todas podemos um dia passa e por isso .. Não, não doi o útero e sim a alma por existirem pessoas cruéis sendo impunes !! Obrigada ao apoio".

Identificados

De acordo com a polícia, quatro suspeitos de participarem do estupro já foram identificados e tiveram o pedido de prisão preventiva expedido, são eles: Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, namorado da adolescente, Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, Michel Brazil da Silva, de 20 anos, e Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos.

Esperamos que todos sejam identificados e que a justiça seja feita. #Investigação Criminal #Casos de polícia