Neste domingo, 1º de maio, Dia do Trabalhador, uma cena lamentável foi vista em Belém, no Pará. Manifestantes contra e a favor da presidente Dilma Rousseff decidiram se enfrentam em plena rua. De acordo com as informações do UOL, o protesto contra o impedimento estava sendo comandado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e pela Central Única dos Trabalhadores (PT).  A festa era apenas por conta da data comemorativa, mas a homenagem ao trabalhador não acabou bem. Um grupo mostrava apoio ao juiz federal Sérgio Moro e também ao deputado federal Jair Bolsonaro, eleito pelo PSC do Rio de Janeiro. No dia 17, ao dar seu "sim" pelo prosseguimento do impeachment, ele fez uma homenagem ao Coronel Brilhante Ustra, considerado o maior torturador da ditadura.

Publicidade
Publicidade

Em São Paulo, do outro lado do país, a presidente da república #Dilma Rousseff fez uma espécie de Pronunciamento sobre a data dos trabalhadores. Por conta da crise política, ela preferiu não falar em rede aberta de rádio e televisão. Dilma também não publicou nenhum vídeo sobre a data. Em um palco da CUT, durante mais de trinta minutos, ela anunciou um "pacote de bondades", considerado pela oposição como puro populismo. Dentre as medidas anunciadas pela líder petista, a que chamou mais atenção foi um aumento de 9% no principal programa social petista, o 'Bolsa Família'. O aumento atingirá mais de 40 milhões de beneficiários o que deve acarretar na necessidade de saída de mais milhões de reais dos cofres do governo todos os meses. 

Mas não foi só isso. A presidente também anunciou um pequeno reajuste na tabela de #Imposto de Renda, o que não havia ocorrido no ano passado.

Publicidade

A correção foi abaixo da inflação, de apenas 5%. De acordo com o deputado federal Paulinho da Força, o imposto está defasado em 72%. Dilma também disse que a licença paternidades para os servidores públicos, que será de 25 dias. A mesma iniciativa ainda não é obrigatória para a iniciativa privada. Lembrando que segundo o IBGE, no último trimestre, o desemprego chegou a 10,0%. #Lula