A enfermeira Pamela Alves, de 26 anos, ainda se recupera da agressão sofrida na noite do último domingo (8). Segundo o portal de notícias G1, ela e seu namorado, estavam na casa da ex-namorada do lutador de MMA, quando ele invadiu a casa enfurecido e partiu para as agressões. O caso aconteceu no Acre. A enfermeira relatou ao G1 os momentos de terror que viveu.

Saiba como tudo aconteceu

De acordo com Pamela, ela e seu namorado estavam na casa de Miliane Silva, de 31 anos, na noite de domingo, quando o lutador de MMA Deorci Barboda, de 25 anos, arrombou a porta da casa e invadiu o local enfurecido. Miliane tem um filho de 10 meses com o lutador e no momento da confusão, ela conseguiu fugir com o bebê.

Publicidade
Publicidade

Ainda traumatizada por causa das agressões, a enfermeira relatou que Deorci invadiu a casa e foi ao quarto onde ela e seu namorado estavam deitados, ele ascendeu a luz e já partiu para as agressões verbais e físicas.

Deorci deu um murro no nariz da jovem que caiu, ela afirmou que o implorou e pediu que pelo amor de Deus, não a machucasse nem ao seu namorado.

Contudo, Deorci também agrediu o namorado de Pamela, que é sargento do Exército e não teve o nome revelado. O sargento foi nocauteado pelo lutador, neste momento a jovem fugiu para a casa de um vizinho.

Ela achou que o lutador havia matado seu namorado, pois ele saiu da casa armado com uma faca e foi até a casa do vizinho onde as duas mulheres e a criança estavam escondidas. Deorci foi preso.

Relacionamento

O relacionamento de Miliane e Deorci durou pouco mais de um ano e sempre foi muito conturbado por causa do excesso de ciúmes do lutador.

Publicidade

Inclusive Miliane já tinha conseguido uma medida protetiva contra o ex-namorado por causa de uma outra invasão a sua residência na ocasião do fim da relação.

Mantenha distância

A 3ª Vara Criminal de Rio Branco, informou que Deorci precisa manter uma distância mínima de 200 metros da ex-namorada e do casal agredido. Ele só obteve o relaxamento da prisão depois de concordar em manter distância determinada e pagar a fiança.

Processo

Pamela e o namorado fizeram os devidos exames para confirmação das agressões e afirmaram que vão processar o lutador. Ambos passam bem. Ele levou pontos no supercílio e Pamela no nariz.

A jovem está sentindo muitas dores e procurou atendimento médico na tarde de terça-feira (10), por causa da infecção no local do ferimento. Não foi possível diagnosticar se o nariz dela está quebrado. #Crime #Investigação Criminal #Casos de polícia