A Polícia Civil do Rio de Janeiro já tem identificados quatro suspeitos do #Crime que está causando revolta nas redes sociais. No último sábado (21), uma adolescente de 16 anos foi estuprada por 33 homens em uma comunidade da zona Oeste do Rio de Janeiro. As imagens do estupro coletivo foram publicadas no Twitter, na última quarta-feira (25).

Além de ser um dos suspeitos, Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, jogador do Boavista, clube que disputa a elite do futebol carioca, é também namorado da vítima, conforme ela própria relatou à polícia, afirmando ter um relacionamento com o atleta há 3 anos.

Em seu depoimento, a adolescente disse que foi à casa de Luquinhas, apelido pelo qual é conhecido no time, no sábado, e que apenas recorda-se que não havia ninguém na residência do jogador, além dos dois.

Publicidade
Publicidade

Ela também informou à polícia que só foi acordar no dia seguinte, domingo, em um outro endereço, na mesma comunidade, sentindo-se sob efeito de drogas e completamente nua, com 33 homens no local, todos em posse de armas de fogo.

A repercussão das imagens publicadas em vídeo no Twitter chocou a sociedade e causou a fuga dos agressores como Lucas Perdomo, foragido desde a noite de quinta-feira (26).

Filho de pastores evangélicos, Perdomo teve suas habilidades reconhecidas e ganhou sua chance no futebol graças ao craque holandês Clarence Seedorf, ex-Botafogo e morador da capital Fluminense.

Gestor do Boavista, João Paulo Magalhães disse que a diretoria jurídica do time da região dos Lagos acompanhará as investigações e denúncias contra seu atleta e que só tomou conhecimento do suposto envolvimento do jogador por meio da imprensa.

Publicidade

O primeiro jogo de Lucas como atleta profissional aconteceu em uma partida do Boavista pela Copa do Brasil 2014, contra o América-RN. O jogador é um habilidoso meia armador canhoto e ganhou notoriedade com Seedorf, ainda na base do Boavista, época em que o holandês fazia estágio no clube de Saquarema para se tornar técnico de futebol, em 2013. Sua ascensão ao time principal teve a ajuda do ex-meio campista da Seleção da Holanda, quando assinou seu primeiro contrato de trabalho com o clube.

Indisciplinado

Atrasos corriqueiros e muitas faltas causaram a suspensão de Luquinhas nesta edição do Campeonato Carioca, fato que colaborou para que o Boavista adiasse a renovação do seu contrato, com vencimento no fim deste ano. Se o envolvimento de Perdomo no crime hediondo for confirmado, seu contrato estará automaticamente rescindido. #Violência #Casos de polícia