A situação de um dos filhos do ex-presidente Lula, Luís Cláudio #Lula da Silva, se complicou, a partir da decisão do juiz responsável pela condução da Operação Zelotes, da Polícia Federal. O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da décima Vara Federal, em Brasília, implicou a empresa do filho caçula do ex-mandatário do país em esquema de recebimento de repasses ilegais de dinheiro, por parte de lobistas. A sentença condenatória do juiz federal Vallisney, relatou a condenação de nove pessoas acusadas por "compras de medidas provisórias", durante os governos petistas, encabeçados por Lula e posteriormente, o #Governo Dilma Rousseff.

Repasses ilegais

A setença do juiz responsável pela Operação Zelotes, Vallisney de Souza Oliveira dedicou um trecho relevante de sua decisão sobre a empresa LFT Marketing, de propriedade de Luís Cláudio Lula da Silva.

Publicidade
Publicidade

De acordo com as investigações e na decisão do magistrado, o lobista Mauro Marcondes, em seu escritório, através de sua empresa, a Marcondes & Mautoni Empreendimentos, favoreceu repasses caracterizados como "benevolentes" de altas somas de dinheiro para vários colaboradores, destacando-se entre eles, a empresa do filho mais novo de Lula, a LFT Marketing. Vale destacar que os repasses do lobistas à empresa de Luís Cláudio, é todavia, alvo de apuração, em "inquérito diverso", de acordo com a decisão proferida pelo magistrado.

O juiz Vallisney considerou que o empresário Mauro Marcondes e o advogado José Ricardo da Silva, sejam apontados como os principais lobistas de todo o esquema implementado para a compra das medidas provisórias e por essas implicações, ambos foram condenados por lavagem de dinheiro, #Corrupção ativa e formação de quadrilha.

Publicidade

Somente um dos réus acabou sendo absolvido dos crimes a ele atribuídos. Porém, os condenados na sentença, poderão ainda recorrer. Vale ressaltar que, de acordo com as investigações da Polícia Federal, Marcondes atuou também no esquema ao efetuar pagamento de R$ 2,5 milhões à empresa do filho mais velho do presidente Lula, entretanto, as apurações seguem em andamento e não são objeto dessa denúncia específica.

Defesa de Luís Cláudio se pronuncia

Os advogados que compõem a defesa de Luís Cláudio Lula da Silva afirmam que os valores recebidos pela empresa LFT Marketing Esportivo Ltda., oriundos da empresa Marcondes & Mautoni Empreendimentos e Diplomacia Corporativa Ltda., são lícitos, inclusive com todos os impostos pagos e devidamente declarados às autoridades.