Jair Bolsonaro é o deputado federal que mais incomoda a esquerda brasileira e que quanto mais tentam denegrir sua imagem, mais o político cresce em popularidade. Tal feito, nem Freud conseguiria explicar, ou conseguiria, mas seria calado pelo movimento vermelho do país.

O deputado federal do PSC-RJ, dedicou seu voto pelo #Impeachment de Dilma Rousseff à memória do coronel Brilhante Ustra, que combateu o comunismo no Brasil na década de 60, e com isso a esquerda aproveitou a falta de conhecimento das pessoas para acusar homenageado e homenageador de torturadores.

O presidente da OAB-RJ; que é filho de um dos militantes do Partido Popular Marxista-Leninista e considerado um desaparecido político; pediu a cassação do deputado.

Publicidade
Publicidade

Por outro lado, existe um abaixo-assinado com mais de 21 mil assinaturas no Charge.org em apoio à Jair e nessa semana, mais de cem mil pessoas participaram de um twitaço pedindo #BolsonaroPresidente, totalizando mais de 107 mil publicações.

No dia da votação do impeachment, o deputado foi vítima de um dos argumentos esquerdistas: o cuspe, este que por sua vez foi ‘lançado’ pelo deputado BBB, Jean Wyllys. Uma petição no Charge.org, com mais de 105 mil assinaturas pede a cassação de Jean, bem como o PSC deve pedir a cassação do deputado por decoro parlamentar.

A movimentação em torno da cassação de Jean está ‘abafada’ pelos principais meios de comunicação, já a perseguição contra Jair é declarada em todo lugar. Para mostrar que nem todos brasileiros são manipuláveis, diversas pessoas organizaram eventos para demonstrar seu apoio à Jair.

Publicidade

Um dos organizadores do evento, Tiago Farias, divulgou que o deputado Jair Bolsonaro marcará presença na #Manifestação que ocorrerá na capital paulista.

Endereços

São Paulo

Largo da Batata – Pinheiros  – às 15h

Praça do Canhão – Sorocaba  – às 13h

Amazonas

Praça Domingos Russo - Avenida Djalma Batista – às 9h da manhã

Rio de Janeiro

Avenida Sernambetiba 3100 – das 10h às 15h

Distrito Federal

Esplanada dos Ministérios - Brasília – às 15h

Minas Gerais

Praça da Liberdade – Belo Horizonte  – das 10h às 15h

Espirito Santo

Pracinha Do Epa - Jardim Da Penha- Vitoria  – das 15h às 20h

Paraná

Praça Santos Andrade – Curitiba  – às 15h

Praça do Mitre – Foz do Iguaçu – às 9h

Pernambuco

Em frente a padaria ‘Boa Viagem’ – Boa Viagem – Recife  – às 14h

Ceará

Aterro da Praia de Iracema/Av. Historiador Raimundo Girão, 1000 –Fortaleza  – às 15:30

Sergipe

Orla de Atalaia – Aracaju – às 15h

Paraíba

Busto de Tamandaré - Avenida Epitácio Pessoa – João Pessoa – às 10h

Pará

Praça da República – Avenida Presidente Vargas – Belém do Pará – às 9h

Independentemente de haver manifestações com baixa ou alta adesão (até porque não houve divulgação mais intensa como dos protestos pelo impeachment), o fato de um deputado federal conseguir que pessoas de diversas partes do Brasil, voluntariamente, saiam às ruas para apoiá-lo já é no mínimo, uma nova dor de cabeça para a esquerda, que por sua vez, está com os dias contados para ouvir: ’Tchau querida e queridos’! #Protestos no Brasil