O General do Exército Sérgio Etchegoyen assumiu recentemente o cargo de Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, o GSI. O órgão coordena a Agência Brasileira de Informação, a Abin, e terá como missão especial defender a família do presidente em exercício Michel Temer. A primeira-dama, Marcela Temer, vem se sentindo ameaçada por conta de protestos realizados na rua onde mora com toda sua família.

A mansão da família Temer fica localizada no bairro do Alto de Pinheiros, Zona Oeste da maior cidade do país, São Paulo. Desde que Michel assumiu interinamente à presidência, grupos a favor da presidente afastada Dilma Rousseff acampam no local.

Publicidade
Publicidade

O grupo é formado por movimentos sociais vinculados ao Partido dos Trabalhadores (PT). 

A família de Marcela já teria té recebido ameaças fortes. A primeira-dama, recentemente, acabou sendo vítima de uma hacker, que roubou suas fotos íntimas. Marcela estaria de lingerie nas imagens. O hacker tentou uma fortuna em troca do material, mas acabou preso graças a ação do hoje Ministro da Justiça, Alexandre Moraes.

De acordo com a Folha de São Paulo em matéria publicada nesta terça-feira, 31, a família de Temer tem reclamado que está sendo ameaçada. No local da casa no bairro nobre de São Paulo residem além de Marcela, o filho do casal, Michelzinho, de sete anos, e a mãe da primeira-dama, Norma Tedeschi. 

Por conta da ameaça, dezenas de grades foram colocadas no bairro onde mora a família do presidente, que agora é área de Segurança Nacional.

Publicidade

O General do Exército à frente do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência será essencial para proteger a família do peemedebista. As grades colocadas na região tem símbolos da presidência. Até mesmo uma praça da região foi cercada. O objetivo é fazer com que os herdeiros de Temer não se sintam intimidados.

Durante uma manifestação realizada na semana passada, Marcela chegou a temer pela própria vida e chorou. A primeira-dama até ligou para Michel e pediu que ele fizesse alguma coisa.  #Governo #Michel Temer