Propriá foi a primeira cidade de Sergipe a receber a tocha olímpica, nesta manhã de domingo (29). A celebração foi um sucesso. A chama navegou o rio São Francisco. A comemoração lotou as ruas do município, os alunos da Fundação Bradesco abriram o revezamento com grande alegria. José da Silva é nadador e foi condutor durante o percurso. Ele ficou muito feliz com o evento, também é uma figura importante na Festa de Bom Jesus dos Navegantes.

Nem mesmo a chuva desanimou a população de Propriá. A galera da Associação de Amigos do Pedal participou do revezamento de bike. Eles valorizam muito o esporte e hoje vieram celebrar esse momento tão especial.

Publicidade
Publicidade

Propriá foi a última cidade de Sergipe a receber o símbolo olímpico. Os moradores da cidade vão guardar esse dia inesquecível para sempre. A chama olímpica seguiu para São Sebastião, cidade de Alagoas.

Os moradores de São Sebastião estavam radiantes com a chegada da tocha e enfeitaram todo o local. Maria dos Santos, filha da mais importante rendeira da cidade, foi condutora da tocha olímpica. Ela recebeu o fogo olímpico das mãos de Edson Silva que é o único marceneiro do município que fabrica o bilro, um instrumento utilizado para fazer renda. Para homenagear a chama, as alunas da Escola Comendador Antônio Coutinho estavam vestidas de gregas. O visual das meninas chamou muita atenção.

A população de Arapiraca, cidade de Sergipe, saudaram o símbolo olímpico com muita festa. As meninas da fanfarra Mário César Fontes estavam preparadas e muito animadas para a celebração.

Publicidade

Elas fizeram uma bela apresentação para homenagear a chama olímpica, o evento atraiu milhares de pessoas. A Tocha olímpica não para e logo seguiu para Maceió, em Alagoas. As pessoas aguardavam ansiosas sua chegada. O ponto de encontro foi na Praça Multi eventos, onde acontece o festival de sabores.

O revezamento da tocha olímpica respeita a inclusão social e não poderia deixar de receber duas pessoas tão especiais, como Ronaldo Tenório e José Thadeu Luz na condução da tocha. Eles são amigos e criaram uma plataforma muito especial, o Hand Talk, que faz a tradução de Português para Libras. Na comemoração teve muitos shows e apresentações. O mascote das Olimpíadas Vinícius estava lá, marcando  presença e alegrou as crianças. #Rio Cultura #Rio2016