O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, tem em mãos a solicitação de prisão preventiva de #Lula. O pedido foi emitido pela 4ª Vara Criminal de São Paulo e enviados pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira na quinta-feira (28). Além da solicitação, foi enviada também a denúncia contra o ex-presidente por falsidade ideologia e lavagem de dinheiro.

O pedido de prisão preventiva é devido ao caso da posse de um triplex, que está sendo investigado pelo Ministério Público de São Paulo. o imóvel fica no Guarujá (SP) e foi reformado pela OAS, para a primeira-dama Marisa e para o ex-presidente Lula. De acordo com a reportagem da Veja, a juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira negou um recurso antes de fazer o envio dos autos.

Publicidade
Publicidade

O recurso em questão era contra a decisão proferida há um mês, de centralizar a competência para o juízo no Paraná, da Operação #Lava Jato.

No entendimento da juíza, a ação do triplex pode estar relacionada ao esquema de corrupção da Petrobras, o que torna crimes de âmbito federal. Por isso, fez o encaminhamento ao juiz Sérgio Moro.  Ele agora poderá aceitar ou não a competência e acatar ou não a acusação formal enviada e o pedido de prisão preventiva.

Lula está sendo investigado em outras frentes da Lava Jato. Como há citações de ministro e parlamentares, a apuração está sendo feita pelo Supremo Tribunal Federal, devido ao foro privilegiado. Se Lula tivesse assumido como Ministro, ele também teria esse direito. Porém, como a nomeação foi suspensa, ele permanece sem prerrogativa.

O ex-presidente foi denunciado criminalmente, no dia 9 de março, pela promotoria.

Publicidade

Os crimes foram de falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e uma suposta ocultação de propriedade do triplex. O imóvel está em nome da OAS. Além de Lula, Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, filho do ex-presidente, a ex-primeira-dama Marisa Letícia, e mais 13 pessoas são investigadas. Dentre elas o empresário Léo Pinheiro, da empreiteira OAS e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. #Crise