A sessão da votação do #Impeachment de Dilma começou pouco antes das 10 horas da manhã, mas quase três horas depois do início e a votação ainda não tinha começado devido as discussões acaloradas dos defensores do governo.

Ao todo, sessenta senadores pró e contra o impeachment estão inscritos para se pronunciarem em até 15 minutos cada, entretanto, os esquerdistas têm tumultuado a sessão e prolongado as discussões, extrapolando prazos, pedindo direito de falar em momento inoportuno e atrasando o início das votações.

A primeira pausa da sessão ocorreu pouco depois do meio dia e meio, com retorno previsto para depois de uma hora e meia.

Publicidade
Publicidade

Nesse período os senadores devem almoçar e aproveitar para esfriar os ânimos. Uma segunda pausa está prevista para as 19h com duração de uma hora.

Sessenta senadores se inscreveram para discursar durante a sessão, entretanto, por conta do tumulto gerado pelos apoiadores de Dilma, nem metade dos inscritos conseguiram falar até o momento. Inicialmente, previa-se que a sessão durasse aproximadamente 10 horas, encerrando-se por volta das 20h, entretanto, devido aos imprevistos e pausas, a mesma pode se encerrar entre 23h e meia noite.

Independentemente do horário em que a sessão terminar, com maioria aprovando o impeachment, Dilma será afastada automaticamente e Michel assume em seu lugar. Para evitar a imagem de fim de governo, #Dilma Rousseff seguirá o conselho de Lula e não deve descer a rampa do Planalto com os assessores, conforme previsto dias atrás.

Publicidade

A presidente deve dirigir-se ao carro oficial da presidência pela saída principal térrea e seguir para o Palácio da Alvorada. É esperado por militantes petistas no momento da saída de Dilma. Imprensa nacional e internacional aguardam para registrar esse momento histórico.

A luta vermelha

Na data de ontem, 10 de maio, um mandado de segurança foi enviado ao STF pela AGU, a fim de anular o impeachment de Dilma. Caso este não seja aceito por Teori, Cardozo informou que continuarão buscando reversão da situação judicialmente até que todos os recursos possíveis se esgotem.

Continue assistindo a transmissão ao vivo da votação do impeachment no Senado clicando aqui. #PT