Nos dias que antecederam a sessão do Senado que analisou o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, o ex-presidente Luís Inácio #Lula da Silva teria levado um “chapéu” do Senador Romário (PSB), do Rio de Janeiro. De acordo com informações da revista época em matéria publicada nesta terça-feira, 17, o petista tentou marcar um encontro com parlamentares nos dias que antecederam a votação no Senado. O eterno "baixinho", no entanto, mandou avisar que só se encontraria com Lula, caso ele quisesse, após o pleito. O motivo, segundo interlocutores do Congressista do PSB é de que ele já teria opinião formada sobre o caso. 

Como sabemos, Romário foi um dos 55 Senadores que votou pelo afastamento da primeira presidente mulher do Brasil.

Publicidade
Publicidade

Ele pode fazer mais e entrar na história, marcando uma espécie de "gol histórico". Isso porque ao que tudo indica o Congressista votará mesmo pela deposição da representante do Partido dos Trabalhadores (#PT). O voto, caso concretizado, acabará sendo um duro golpe em seu colega de cargo no Rio de Janeiro, Lindbergh Farias, que nos últimos meses tentou deter o quanto pôde o andamento do processo de impedimento.

Além disso, o voto de Romário acaba pressionando os outros Congressistas pelo fato de que ele foi um dos mais votados do país, além de ser muito conhecido. A postura do ex-jogador de futebol como político também tem impressionado muitas pessoas. Na quarta-feira, 11, por exemplo, ele discursou durante alguns minutos explicando o que motivaria o seu "sim" pelo afastamento. 

Ainda não há uma data marcada para a votação que dará o aval final sobre a saída ou não de Dilma do poder.

Publicidade

Mas isso acontecerá nos próximos meses. Isso porque já passaram seis dias, o que significa que Rousseff tem 14 dias para apresentar sua defesa. Já o pleito agora tem mais 174 dias, no máximo, para ser definido. Esse deve ser realizado antes, já que quem preside o andamento do impeachment nessa fase é o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, terá sua aposentadoria em até 120 dias.  #Dilma Rousseff