Essa semana aconteceu um fato que deixou muita gente emocionada. Um policial militar (PM) teve que prender um jovem de apenas 19 anos que assaltou uma idosa para alimentar sua mulher e filhos, que passavam fome na cidade de Ceilândia, localizada no Distrito Federal. Porém, após conhecer a história do homem, ele teve uma atitude humanitária e decidiu ajudar a família do rapaz.

Nesta semana ainda, ele foi à casa do preso com mais policiais militares para ver se a história era verídica. Ao chegar em uma região muito pobre da cidade, notaram que a casa em que vive o preso agora só tinha um fogão e uma cama, onde mora a esposa e o filho do jovem.

Publicidade
Publicidade

Os policiais se sensibilizaram com a situação e decidiram ajudar a família. Eles compraram uma cesta básica, que contém alimentos não perecíveis, frutas, carne, pães que podem alimentar a família por mais de um mês.

A mulher do assaltante classificou, em entrevista para um emissora de TV, que foi uma atitude sem tamanho, "um mal que vem para o bem". Ela ficou desempregada com a crise econômica e ainda não conseguiu uma ocupação.

"Nunca imaginei que isso fosse acontecer comigo", disse ela.

Um dos soldados da PM disse como se sentiu com a atitude.

"Aprendemos muito com relação a ajudar o próximo", falou Aisan Alvez.

O filho do assaltante, que ainda está preso, tem apenas um ano de idade.

O ladrão também disse que está desempregado há meses e se viu em uma situação sem saída. Ao ver a idosa, pegou a bolsa e saiu correndo, mas foi detido pelos policiais.

Publicidade

Ele confessou o crime em um vídeo gravado pela Polícia.

José Claudio Bonina, policial militar, falou que já passou por uma situação semelhante.

"Quando eu olhei para ela senti um dor no coração. É uma coisa que já passei na minha vida quando era criança. A polícia não é só combater o #Crime. Temos o lado social e também da mobilização. No nosso pouco tentamos ajudar às famílias carentes", falou.

Reações

Pela internet, muitas pessoas manifestaram apoio aos policiais e aplaudiram a atitude.

"Que DEUS multiplique na vida de todos,tanto da família necessitada como dos PMs e de suas famílias Que a PAZ de Deus reine na vida de todos", escreveu Jorge Vieira. #Investigação Criminal #Casos de polícia