Talvez o aplicativo mais popular nos celulares dos brasileiros, o WhatsApp foi retirado do ar nesta segunda-feira, 02, através de uma decisão judicial vinda do Sergipe. O aplicativo deixará de funcionar por 72 horas, sob a alegação de que a empresa não estaria colaborando com investigações. O assunto, é claro, rapidamente se tornou o mais comentado na internet. No entanto, mesmo com a proibição, sempre tem um jeitinho de usar o WhatsApp. Isso porque a proibição só está sendo válida para as maiores empresas de telefonia móvel.

Em tempos de crise, use alternativas

Uma das maneiras de continuar usando o WhatsApp é através do VPN, outro aplicativo que não deixa de ser uma alternativa nesse momento.

Publicidade
Publicidade

Isso porque o VPN transforma a rede móvel dos celulares e do computadores em rede privada. Isso acaba driblando o bloqueio judicial. No ano passado, a justiça também já tinha batido de frente com o WhatsApp, surpreendendo muitos usuários, que não pagam nada pelo serviço.

Através do VPN, o internauta navega como se estivesse em outro país, fazendo com que seu IP não seja reconhecido no Brasil. Basta então baixar o aplicativo e se conectar à internet através deles. Antes, no entanto, é preciso ter cuidados. O mesmo vale para quem vai usar o VPN pelo computador. Nesse caso, o usuário precisa fazer o download acoplado ao navegador, utilizando ele como extensão. 

Um dos cuidados de quem quiser tentar driblar a justiça é fato de que a empresa dona do VPN consegue ter acesso às informações enviadas pelos telefones e pelo computador.

Publicidade

Ou seja, nada de trocar senhas. Apesar da companhia oferecer segredo em relação aos dados, todo cuidado é pouco.

É bom lembrar que quem tem o messenger do Facebook no celular também consegue trocar mensagens gratuitas. Diferente do WhatsApp, não é possível, no entanto, enviar mensagens no modo offline. Isso irrita muita gente e tem internauta que acredita que no futuro essa condição será mudada, especialmente porque o Facebook comprou o programa de celular favorito dos brasileiros. O Telegram é outro aplicativo que tem funcionalidades parecidas com o WhatsApp, enviando áudios, vídeos, além de possuir emoticons.  #É Manchete!