A Federação Internacional de Desportos Aquático havia alertado o Rio de Janeiro para cobrir o parque aquático Maria Lenk, onde acontecerão as provas de saltos ornamentais durante os Jogos. O prefeito da cidade, Eduardo Paes, e o comitê Rio 2016, entretanto, tranquilizaram a federação e afirmaram que "chuva é evento raro" no Rio de Janeiro.

Mas o argumento foi fraco e durante o evento-teste da modalidade, que aconteceu em fevereiro, choveu. Quando a chuva começou, o constrangimento foi evidente, mas a promessa de estiagem foi renovada: agora o argumento é de que em agosto o índice de chuvas no Rio é baixo.

O acontecimento parece ser isolado, mas ilustra bem os eventos-teste para os Jogos.

Publicidade
Publicidade

Os eventos-teste terminaram sábado (21). Alguns prazos não foram obedecidos, houve promessas que não se concretizaram e improvisos. Uma das promessas mais cumpridas que mais gerou polêmica foi a limpeza da Baía de Guanabara.

O argumento dos organizadores é que não é possível fazer umas Olimpíadas, uma de teste e outra "valendo". Os testes são importantes para encontrar e ajeitar erros, mas há coisas que não chegaram a ser testadas.

A Transolímpica e o Metrô Linha 4, duas das principais obras de mobilidade do evento, não chegaram a ser testadas. A Transolímpica liga a Barra da Tijuca a Deodoro, por isso deve receber grande fluxo de pessoas. De acordo com Eduardo Paes, entretanto, ela será aberta um mês antes do evento e "haverá tempo para testar".

Quatro estádios não foram testados: Riocentro, Arena de Vôlei de Praia, Velódromo e Maracanã.

Publicidade

O velódromo sequer está pronto; o Macaranã recebeu a final do Campeaonato Carioca, tida como "evento-teste", mas o Rio 2016 não participou da operação.

Para completar, nenhuma das arenas construídas teve o teste de receber uma multidão. De acordo com o comitê dos Jogos, isso não foi feito porque não há temor de que nada aconteça. Se tivesse, teriam sido feitos eventos com a casa cheia, garantem. A prioridade do comitê foi testar a operação e o campo onde acontecerão os jogos. #Rio2016