Nesta quarta-feira, 04, o Senador Lindberg Farias, eleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT), continuou a interromper diversas vezes a Comissão da Sessão do impeachment que ouviu o parecer do relator Antonio Anastasia, do PSDB de Minas Gerais. As interrupções foram tantas que Ricardo Ferraço, também do PSDB (Espírito Santo) decidiu usar um tempo de sua fala para atacar o petista. De acordo com Ferraço, Farias está fazendo um teatro por duas razões. A primeira delas é que Lindberg estaria querendo aparecer na televisão, fazendo um discurso, segundo o Senador, para a escassa base do Partido dos Trabalhadores. A segunda razão não chegou a ser dita, pois Farias não deixou o Congressista continuar com seus argumentos.

Publicidade
Publicidade

A interrupção irritou Ricardo Ferraço ,que decidiu descontar no rival, dizendo que até então tinha ouvido atentamente ao colega. "Você agrediu a todo mundo, ofendeu a todo mundo e nós ouvimos aqui tudo pacientemente", detonou o Congressista. O representante do PSDB então deu um fora daqueles no Congressista. "Você vai ouvir, vai ouvir quietinho, sentadinho aí", disse ele apontando para Lindberg, que a essa altura já estava eufórico do outro lado da mesma mesa. A briga fez com que o presidente da Comissão, Raimundo Lira, interrompesse os trabalhos por dois minutos. 

Veja abaixo o momento em que o petista leva um fora:

A briga do petista não adiantou tanto. Horas depois Anastasia leu seu parecer, que como previsível foi a favor do processo de impeachment da presidente #Dilma Rousseff.

Publicidade

Na terça-feira, 03, a briga de Farias foi com Ronaldo Caiado, do Democratas de Goias. O Senador chegou a chamar Lindberg para resolver com ele do lado de fora da Câmara, usando uma expressão popular durante brigas. A ira de Caiado ocorreu porque o petista disse que ele era mentiroso.

Nas redes sociais, tanta interrupção fez com que Lindberg ganhasse um apelido nada legal, Senador do mimimi ou Senador do chororô. Como sempre, além de Farias, outros colegas da base governistas tentam defender Dilma com unhas e dentes. #PT #Lula