Raí de Souza é suspeito de participar do estupro coletivo da jovem de 16 anos, no Rio de Janeiro, e, ao chegar à delegacia para seu primeiro depoimento, estava confiante, sorridente e dando tchau para os jornalistas e fotógrafos de plantão no local. Agora, ele já se mostra preocupado e também arrependido. O rapaz tem 22 anos e é um dos principais suspeitos de participar do #Crime que chocou o país.

Se antes ele estava sorridente e acenando para todos com ironia, agora ele quer ser perdoado pela vítima e todos que se revoltaram com o crime bárbaro. Ele foi o responsável por gravar o vídeo mostrando a garota sendo violentada e também filmou as partes íntimas dela, vindo depois a divulgar o vídeo no Twitter e foi aí que o país inteiro tomou conhecimento do fato.

Publicidade
Publicidade

Quando foi a primeira vez até a Cidade da Polícia, zona norte do Rio de Janeiro, acenou, sorriu e mostrou ironia diante da justiça e do caso em si. Ele estava com o amigo Lucas Perdomo Duarte Santos, jogador de futebol e que foi apontado pela jovem violentada como seu namorado, mas o jogador negou que tenha algum tipo de relacionamento com ela e garantiu que só manteve relação sexual com uma outra garota. Neste dia, Raí chegou a dizer que o amigo jogador estava mais famoso que a Dilma.

Raí agora está preso temporariamente e já não tem tanta confiança e nem o ar de deboche que mostrava em sua primeira ida à delegacia. O rapaz garante que não teve participação no estupro coletivo, só que também não soube explicar o que ele estava fazendo no imóvel onde o crime aconteceu e ainda fez uma declaração polêmica: "Me considero injustiçado, estou tranquilo porque ela deu vários furos", disse o suspeito se referindo ao fato da garota ter entrado em contradição por diversas vezes em seu depoimento à polícia.

Publicidade

Ele também defendeu o amigo jogador e disse que tudo isso é ridículo e que estão tentando atrapalhar a carreira de um grande jogador e afirmou novamente: "Não teve estupro".

Mas agora Raí está preocupado com o que poderá acontecer com ele e confessa: "Claro que me arrependo".

Neste último domingo, em entrevista para o "Fantástico", quando foi questionada sobre o que deseja para seus estupradores, a garota apenas disse que seu desejo é que eles tenham uma filha mulher.

A questão agora é se a jovem violentada irá perdoar seus estupradores e ainda, se os brasileiros irão perdoá-los, afinal todos se comoveram com a #Violência sofrida pela jovem.

E você? Perdoaria os estupradores desta menina se eles dissessem que estão arrependidos? Deixe abaixo sua opinião. #Casos de polícia