Não caros leitores, essa não é uma notícia do 'Sensacionalista', tradicional site que brinca com notícias inverídicas. De acordo com informações do G1 em reportagem publicada nesta quarta-feira, 04, Suzane von Richthofen vai poder curtir o Dia das Mães bem longe da Penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier, a P1 feminina de Tremembé, em São Paulo. É que ela foi liberada para curtir o feriado com a família e amigos. A criminosa recebeu pena justamente por assassinar os próprios pais. A pena dela é de trinta e nove anos de prisão. Não é só Richthofen que terá direito à esse "direito", mas também outras presas. Uma das presas mais conhecidas do país já foi até liberada da unidade, antes mesmo das demais, que saem na manhã desta quinta-feira, 05. 

Polêmica da liberação agita a internet

Não é a primeira vez que a criminosa ganha direito de curtir um feriado longe da cadeia.

Publicidade
Publicidade

É a segunda ocasião que ela tem direito à uma saída temporária.  Ao todo, serão seis dias longe da carceragem e de outras presas. A prisioneira voltará para a Penitenciária de Tremembé apenas na terça-feira, 10. Diferentemente da saída, a volta ocorrerá junto com as demais colegas de presídio. O defensor Rui Freire explicou ao G1 que não houve pedido para que a saída fosse antecipada, mas que a atitude era esperada. Segundo ele, isso ocorrerá por medidas de segurança, já que a acusada de ter matado os próprios pais é muito assediada e conhecida na cadeia. 

O defensor, no entanto, não explicou onde a presidiária ficará nesse tempo, já que para a casa dos pais ela não deve voltar. Pesou a favor da conhecida presa o fato dela ter retornado um dia antes na saída de Páscoa, primeira vez que ela recebeu o benefício.

Publicidade

O feriado fora da cadeia foi autorizado pela VEC, a Vara de Execuções Penais. O fato gerou críticas e brincadeiras nas redes sociais, especialmente pelo fato de Suzane ser considerada a assassina da própria mãe e está livre nessa data especial, que no Brasil só vende menos do que o Natal. Além do feriado, Suzane foi autorizada recentemente a cursar uma faculdade de administração, que fica próxima ao local onde ela está presa.  #Crime