A Senadora Simone Tebet, eleita pelo PMDB do Mato Grosso do Sul, fez seus colegas Congressistas caírem na gargalhada durante a Comissão do Impeachment desta quarta-feira, 22, no Senado. Após Lindbergh Farias, do Partido dos Trabalhadores (PT) do Rio de Janeiro, aparecer mais sereno e educado, a sempre cordial e elegante política não teve medo de fazer uma brincadeira.

Temos um E.T. no Congresso?

"Ele foi abduzido e veio outro senador Lindbergh, muito mais cordato, gentil”, disse ela rindo, Em seguida, a Congressista disse que tudo era uma brincadeira e em tom de elogio, já que segundo ela, até mesmo o petista teria observado que não era muito legal ficar brigando na Comissão e fazer os prazos se estenderem cada vez mais. 

“Vou encarar como elogio”, disse Lindbergh, que dessa vez aceitou a brincadeira.

Publicidade
Publicidade

Nesta quarta, a bancada do #PT mudou a estratégia. Sem dizer se houve uma determinação da legenda, a bancada que defende a permanência da presidente afastada Dilma Rousseff parecia outra. Mais quietos e sem procrastinações, eles fizeram a reunião desta quarta ser a mais rápida até agora. Até mesmo jornalistas ficaram espantados com a rapidez com que tudo ocorreu. Com isso, a previsão é que Dilma já seja ouvida no dia 06 de julho.

As brincadeiras e situações inusitadas na Comissão já são tantas que já há quem apelide a reunião importante como "Escolinha do Professor Raimundo Lira", fazendo uma referência ao presidente da mesa e ao programa apresentado durante anos por Chino Anysio na Globo. Mesmo com a rapidez desta quarta, um dos advogados da defesa de Dilma acabou dormindo enquanto o chefe da defesa da petista, José Eduardo Cardozo, falava.

Publicidade

Na semana passada, Cardozo agradeceu o apoio ao jurista 'Tomás Turbando'. Já Lindbergh disse que Pinochet fez muitos estragos na China durante o #Governo. O governante, na verdade, governo o Chile e não a China como o petista disse em sua apresentação no Senado Federal. É muita comédia.

Veja o vídeo com a declaração da Senadora que fez os Congressistas gargalhadas: