A revista Exame divulgou nesta quinta-feira (9) um ranking da consultoria Urban Systems com as 100 cidades brasileiras mais inteligentes de 2016.

O resultado é baseado em uma pesquisa que levou em consideração dezenas de indicadores sociais e econômicos. Neste ano, a cidade de São Paulo tomou a dianteira que pertenceu ao Rio de Janeiro em 2015. 

A ordem de classificação reflete o grau, e não necessariamente o volume, de investimentos dos municípios em diversas políticas como mobilidade urbana, saúde, inovação, educação e qualidade de vida. O desempenho em cada tópico recebeu uma pontuação proporcional.

O presidente da Urban Systems, Thomaz Assumpção, explicou em entrevista concedida à jornalista Talita Abrantes que as cidades brasileiras alcançaram, em média, apenas a metade dos pontos possíveis.

Publicidade
Publicidade

"A distância entre as nossas cidades quando comparadas com outras do exterior é muito alta", destaca o especialista. 

O resultado da pesquisa serviu de base para a segunda edição do evento Connected Smart Cities, realizado nesta semana no Rio de Janeiro, e que contou com a presença da Secretária de Estado de Bruxelas, Bianca Debaets. A convidade apresentou os projetos desenvolvidos que tornaram aquela cidade referência mundial em inteligência e inovação aplicadas ao dia a dia dos cidadãos. 

Veja abaixo o ranking completo da Urban Systems:

1º São Paulo

2º Rio de Janeiro

3º Curitiba

4º Brasília

5º Belo Horizonte

6º Vitória

7º Florianópolis

8º Barueri

9º Recife

10º Campinas

11º Porto Alegre

12º Santos

13º São Caetano do Sul

14º Campo Grande

15º Goiânia

16º Niterói

17º Maringá

18º Salvador

19º Ribeirão Preto

20º Petrópolis

21º Jundiaí

22º Santo André

23º Blumenau

24º São José dos Campos

25º Palmas

26º Piracicaba

27º Joinville

28º Teresina

29º Fortaleza

30º São Bernardo do Campo

31º Uberlândia

32º Juiz de Fora

33º São José do Rio Preto

34º Caxias do Sul

35º Itajaí

36º Macaé

37º Contagem

38º Amparo

39º Votuporanga

40º Vinhedo

41º Canoas

42º Foz do Iguaçu

43º Osasco

44º Araraquara

45º Londrina

46º São Carlos

47º João Pessoa

48º Ipatinga

49º Resende

50º Santa Maria

51º Natal

52º Cascavel

53º Betim

54º Anápolis

55º Indaiatuba

56º Umuarama

57º Marília

58º Bauru

59º Uberaba

60º Sorocaba

61º Balneário Camboriú

62º Poços de Caldas

63º Presidente Prudente

64º Colatina

65º Volta Redonda

66º Mauá

67º Cajamar

68º Toledo

69º São José dos Pinhais

70º Limeira

71º Paulínia

72º Teutônia

73º Viçosa

74º Tietê

75º Valinhos

76º Guarulhos

77º Dourados

78º Aracaju

79º Cuiabá

80º Ilha Solteira

81º Pato Branco

82º Praia Grande

83º Botucatu

84º Campina Grande

85º Linhares

86º Jaguariúna

87º Francisco Beltrão

88º Sertãozinho

89º Chapecó

90º Barretos

91º Maceió

92º Governador Valadares

93º Santa Fé do Sul

94º Campos dos Goytacazes

95º Pelotas

96º Cianorte

97º Jataí

98º Mogi das Cruzes

99º Criciúma

100º São João de Meriti #Negócios #Grande ABC #Desenvolvimento Tecnológico