Uma bebê de 10 meses foi mais uma vítima do tráfico de drogas, dessa vez na cidade de Pirapora, no norte de Minas Gerais. A ocorrência foi registrada na manhã deste domingo, 26 de junho, no bairro Cidade Jardim. A criança estava no colo da mãe, em frente à casa da família, juntamente com outras pessoas, quando um Fox preto chegou e, sem falar nada, quatro ocupantes desceram e efetuaram diversos disparos em quem estava no local. A menina foi a primeira a ser atingida, com um tiro na cabeça. Um senhor de 55 anos, parente da família, também foi atingido com um tiro na perna. Após os vários disparos, os suspeitos fugiram, em alta velocidade, e ainda não foram localizados pela polícia. 

As vítimas foram socorridas pelos próprios familiares e levadas ao Hospital Municipal Doutor Moisés Magalhães Freire para atendimento.

Publicidade
Publicidade

O homem, identificado como Antônio, passa bem e não corre risco de morrer. Mas infelizmente a bebê não resistiu ao ferimento e faleceu. 

Vingança contra o pai da criança

O pai da menina se encontra preso, cumprindo pena no Presídio da cidade, por tráfico de drogas. De acordo com testemunhas, os bandidos, que seriam rivais do preso, queriam atingir a família do traficante e um indivíduo conhecido como "Juninho Pique", que estaria na casa da vítima. Este homem ainda não foi encontrado mas supostamente sabe quem são os autores dos disparos. 

Segundo vizinhos da família, a mãe da criança, de mais ou menos 18 anos, é uma pessoa sossegada, tranquila e que cuidava muito bem da filha, inclusive não trabalhava fora para estar mais presente na vida da bebê e suprir a falta do pai. Além disso, nunca tinha sido vista envolvida em confusões. 

Um militar informou que, de acordo com informações colhidas no local, o #Crime estaria relacionado com o tráfico de drogas na região, onde duas gangues rivais brigam pelo comando.

Publicidade

Mas as pessoas não gostam de falar muito sobre o assunto, por medo de retaliações dos bandidos. 

Um inquérito deverá ser aberto nesta segunda-feira (27) para apurar o crime, informou a Delegacia de Polícia Civil da cidade.  #Casos de polícia #Morte